quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

Na faixa... (conclusão)

Serviços online que varrem o sistema em busca de pragas são práticos e funcionais, até porque são gratuitos e dispensam instalação (eles rodam diretamente do website via navegador). Todavia, mesmo aqueles que removem as pragas não oferecem proteção residente em tempo real, sendo indicados apenas para oferecer uma segunda opinião sobre a saúde do seu sistema ou, em certos casos, para eliminar algum malware que tenha driblado os programas de segurança instalados em sua máquina. Ainda assim – e a despeito de já havermos tratado desse assunto em outras oportunidades –, não custa rever algumas opções interessantes:

O Live OneCare, da Microsoft (http://onecare.live.com/site/pt-br/default.htm) faz uma checagem completa em seu PC a partir de três módulos: Proteção, Limpeza e Ajuste. O primeiro varre o sistema em busca de softwares mal intencionados, limpa os arquivos infectados (ou faz recomendações para os que não conseguir limpar) e identifica eventuais portas abertas que exponham sua máquina a ataques on-line; o segundo exclui arquivos do Registro e temporários obsoletos, melhorando o desempenho do computador (você pode optar por seguir as recomendações ou personalizar a limpeza); o terceiro examina os dados do HD e recomenda a desfragmentação, quando necessário (talvez seja melhor desfragmentar o disco por conta própria em outra oportunidade, já que, dependendo do percentual de fragmentação dos dados, o processo pode demorar várias horas). É possível escolher cada módulo isoladamente, comandar uma verificação rápida (que apenas examina as áreas mais comumente infectadas por vírus, spyware, trojans e worms, sem avaliar problemas de limpeza ou ajuste) ou uma verificação completa (recomendável). Em seguida, basta aceitar o contrato de licença, autorizar a descarga dos controles ActiveX, aguardar (pacientemente) até que o sistema seja analisado e autorizar a correção dos problemas (não se preocupe em criar um ponto de restauração; o serviço irá fazer isso automaticamente).

O Panda ActiveScan é ótimo para quem trabalha com manutenção, especialmente quando o cliente não tem um antivírus instalado ou atualizado, mas também é eficaz no uso doméstico, já que varre o sistema em busca de vírus, trojans, ferramentas de hacking, jokes e riscos de segurança, detectando até mesmo alguns malwares desconhecidos. Ele também utiliza a tecnologia Microsoft ActiveX e atua através do navegador, de modo que basta clicar no link (www.pandasecurity.com/homeusers/solutions/activescan/?)  para ser redirecionado ao site da Panda Software, pressionar o botão “Scan your PC now” para instalar o plug-in, escolher o drive a ser verificado e esperar a ferramenta concluir o trabalho.

O HouseCall (http://housecall.trendmicro.com/) atua de maneira semelhante e pode ser uma mão na roda quando seu antivírus residente não consegue remover uma praga mais persistente. Além de neutralizar vírus, trojans e outros malwares, ele identifica e sugere correções para possíveis problemas no firewall e outras vulnerabilidades no sistema. Como sua varredura é minuciosa, o processo pode ser bastante demorado, sendo recomendável executá-lo quando você tiver disponibilidade de tempo e seu computador estiver ocioso.

Observação: Existem outros serviços on-line similares e igualmente eficientes, dentre os quais vale citar os da Kaspersky, (www.kaspersky.com.br/virusscanner/), F-Secure (http://support.f-secure.com/enu/home/ols.shtml) e BitDefender (www.bitdefender.com/scan8/ie.html), mas que, por questões de espaço, não vamos analisar em detalhes nesta postagem.

Para concluir, mesmo que os (bons) antivírus atuais costumem ser capazes de identificar e eliminar spywares, o Spyware Doctor Starter Edition (http://www.pctools.com/pt/spyware-doctor-antivirus/download/) é um bom complemento, especialmente por sua eficiência na remoção das pragas mais obstinadas (seu sistema Smart Update aprimora os recursos de combate conforme os invasores se tornam mais complexos).
Outra arma interessante para seu arsenal de segurança é o Threatfire (http://www.threatfire.com/br/), que identifica os softwares maliciosos a partir do comportamento, inspeciona os arquivos à medida que eles são executados e exibe detalhes técnicos que permitem a um usuário mais experiente detectar algo no sistema que esteja fora dos padrões.
Bom dia a todos e até mais ler.
Postar um comentário