quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

Plano de fundo

Decorar a área de trabalho com um  plano de fundo (ou papel de parede, como queira) não traz qualquer benefício prático para o computador, mas o mesmo não se pode dizer em relação ao usuário. Afinal, às vezes é preciso dar uma pausa no trabalho para descansar a vista e refrescar as idéias, e nada melhor do que fazê-lo diante de um lindo pôr-do-sol, de uma praia paradisíaca ou de outra imagem qualquer que você se sinta bem ao visualizar.
Antigamente, quando os PC tinham pouca memória física, era recomendável evitar o uso de planos de fundo muito rebuscados, de modo a não comprometer o desempenho do sistema. Ainda me lembro de quando troquei meu velho 486 por um Celeron 600 MHz e 32 MB de RAM (montado pela METRON, lá pela virada do século), que na semana seguinte já contava com 128 MB de memória e operava a 933 MHz – que eu consegui alcançar reconfigurando tanto o barramento frontal quanto o multiplicador de clock... Mas isso já é outra história.
Voltando ao que interessa, com 2, 3 ou até mais gigabytes de RAM, os computadores atuais podem exibir tranquilamente uma paisagem bonita, a Ferrari dos seus sonhos ou aquela coelhinha da PLAYBOY que... bom, deixa pra lá.
Para configurar um plano de fundo para seu Desktop:

1- Dê um clique direito com o mouse num ponto vazio da tela, clique em Propriedades e na aba Área de Trabalho.

2- Em Plano de Fundo, selecione cada uma as imagens disponíveis e confira o resultado no simulacro de monitor. Quando encontrar aquela que você quiser utilizar, clique em Aplicar e em OK. (Clicando no botão Procurar, você terá outras opções de imagens).

3- Note que a pequena seta para baixo da caixa Posição permite escolher como a imagem será exibida (as possibilidades são centralizar, estender ou lado a lado).

Observação: Caso queira manter seu Desktop sem qualquer plano de fundo, volte ao passo número 2, escolha a opção NENHUM, clique na setinha ao lado da caixa Cor e escolha o tom desejado para o preenchimento da tela.

A rigor, praticamente qualquer imagem salva em seu computador pode ser usada como plano de fundo, bastando para isso que você clique sobre ela com o botão direito do mouse e, no menu de contexto, escolha a opção respectiva. No entanto, dependendo das características (formato, tamanho, resolução etc.), o resultado pode deixar um pouco a desejar, de modo que o ideal é recorrer a um website que ofereça planos de fundo para download (há uma porção deles; abra a página do Google, insira “wallpaper”, “plano de fundo” ou “papel de parede” como palavra-chave e confira).
A título de sugestão, dê uma olhada no NatGeo Wallpaper Downloader, que é gratuito e permite baixar milhares de wallpapers da National Geographic com uns poucos cliques do mouse. Basta fazer o download, dar duplo clique sobre o executável (o programinha não requer instalação), escolher o ano das fotos, os temas e a resolução das imagens.
Outro site bem bacana é o www.osmais.com/index.php, cujo campo WALLPAPERS (na coluna à esquerda da página inicial) oferece uma grande variedade de opções divididas por categoria.

Abraços a todos e até a próxima.

14 comentários:

kleber disse...

bom dia Fernando
os planos de fundo do pc as vezes são muitos estimuladores o bom mesmo é manter as lembraças a vista
tenha um bom dia

Guará Matos disse...

De vez em quando eu troco o plano de fundo para mudar mesmo! Essa vida de várias rotinas é enfadonha. Então se não se pode mudar tudo, pelo menos isso fazemos.
Abraços.

Victor Faria disse...

Olá, Fernando!
No site "Baixatudo" é possível encontrar os mais variados papéis de parede para todos os gostos.
http://www.baixatudo.com.br/personalizacao/papel-de-parede/1
Abraço!

Leo disse...

No windows 7 é possível configurar o sistema para trocar os planos de fundo em intervalos predefinidos, bem interessante o recurso.

Lupo disse...

O meu atual sou eu mesmo rs... Estou exercitando o narcisismo, cansei de olhar para as minhas paixões femininas e nem sempre poder tocá-las. =D

Sérgio Filho disse...

Eu mudo muito o plano de fundo, uma vez por mês no mínimo, para dar aquela reformulada.

Gostei das dicas de site Fernando, e gostei da citação sobre descansar a cabeça (cheia do trabalho) observando uma bela imagem, nunca tinha feito isso, aliás, raramente vejo o meu próprio plano de fundo, mas gostei da idéia, valeu amigão.

Linda noite,

Aquele abraço!

Guilherme William disse...

BOAS DICAS!

FERNANDO disse...

Oi, Kleber.
É verdade. Dependendo do estado de espírito do usuário, uma imagem do pôr do sol numa praia paradisíaca, por exemplo, pode ser relaxante, e quando está muito calor, um plano de fundo com os alpes suíços e suas montanhas cobertas de neve também tem um efeito psicológico interessante. Aliá, ainda me lembro da proteção de tela que eu usava no tempo do WinME, com peixinhos nadando de um lado para outro da tela, como em um aquário.
Um bom dia pra você também, meu amigo.

FERNANDO disse...

Oi, Guará.
Pois é, no final do mês passado eu havia trocado o meu por uma imagem natalina, com árvore, mas depois encontrei outro que exibe um alvorecer na floresta e acabei deixando o Natal de lado (risos).
Abraços.

FERNANDO disse...

Oi, Victor.
Obrigado pela complementação, meu amigo. Abração e até a próxima.

FERNANDO disse...

Oi, Leo.
De fato. No XP pode-se fazer algo parecido, mas com a proteção de tela - que, dependendo da configuração, exibe todas as imagens da pasta Minhas Imagens, uma a uma, trocando-as em intervalos pré-definidos.
Abração, bom te ter, até+

FERNANDO disse...

Oi, Lupo.
Você me fez lembrar de uma definição que eu não posso escrever aqui (risos).
Enfim, se já ando de saco cheio de ver minha fuça no espelho, colocá-la como papel de parede aqui no PC daria na certa um colapso nervoso (risos).
Abraços, Narciso, digo, Lupo (rs. de novo)

FERNANDO disse...

Oi, Sérgio.
Eu que agradeço, amigo.
Abraços e até a próxima.

FERNANDO disse...

Oi, Guilherme.
Valeu, cara.
Abração.
PS - Estamos aguardando o início do mês para voltar a visitá-lo, meu amigo.