terça-feira, 25 de fevereiro de 2014

DICAS PARA ACELERAR O WINDOWS (2ª PARTE)

UM CASAMENTO DE SUCESSO É UM PRÉDIO QUE DEVE SER RECONSTRUÍDO TODOS OS DIAS.

O roteiro do post anterior envolveu apenas utilitários nativos do Windows, mas ainda assim deve ter resultado num ganho expressivo de espaço no disco e numa sensível melhora no desempenho global do PC. No entanto, há muito mais a fazer, e para isso você precisa contar com o auxílio de programas de terceiros, preferencialmente agrupados na forma de suítes de manutenção.
  • O Advanced System Care 7 Pro e o System Mechanic Pro custam US$ 19,99 e US$ 59.95, respectivamente. Eles tanto otimizam o sistema de forma rápida e segura mediante um clique do mouse quanto disponibilizam um vasto leque de ferramentas para que você faça reparos específicos. As versões gratuitas são mais despojadas, mas estão de bom tamanho para a maioria dos usuários domésticos - para fazer o download, clique aqui e aqui. Na dúvida entre a suíte da IObit e a da Iolo, faça como eu: fique com as duas. 
  • Defrag do Windows não atua sobre o Page File, o Hibernation File, o Master File Table e outros arquivos que ficam bloqueados quando o sistema está carregado. Como paliativo, você pode executá-lo via Prompt de comando no modo de segurança, mas, acredite, será bem mais fácil e seguro fazê-lo com o Smart Defrag 3, que acompanha o ASC7, ou com o UltraDefrag (que esbanja eficiência, mas é extremamente lerdo e um tanto complicado de usar). 
ObservaçãoPara forçar a inicialização no modo de segurança, reinicie o computador e pressione intermitentemente a tecla F8 durante o boot. Quando a tela das Opções de Inicialização Avançadas for exibida, use as teclas de seta para selecionar a opção em desejada e pressione a tecla Enter.
  • RAM (memória física do sistema) também sofre os efeitos da fragmentação, mas por ser volátil (seu conteúdo evapora assim que ela é desenergizada), basta reiniciar o computador ou fazer logoff  para lhe dar um refresh. Ainda assim, o SM Free dispõe de um módulo que em poucos segundos realiza essa otimização; no ASC7 esse recurso só funciona na versão PRO.
  • Manter o Registro saudável é crucial para a estabilidade e a performance do Windows, mas, curiosamente, a Microsoft nunca dotou seu sistema de um utilitário para otimizar esse importante banco de dados. A boa notícia é que ambas as suítes retro citadas preenchem essa lacuna, e a má é que somente nas versões pagas. Nas gratuitas, o SM se limita a limpar o Registro, ao passo que o ASC7, a desfragmentá-lo. Se licenciar uma delas está fora de cogitação, considere instalar o WiseRegistryCleaner 7 ou o PuranUtilities, que são gratuitos para uso pessoal e, dentre várias outras tarefas, limpam, desfragmentam e compactam o Registro.
Amanhã a gente conclui. Abraços e até lá.
Postar um comentário