quinta-feira, 28 de setembro de 2006

Ainda o McAfee SiteAdvisor

A postagem sobre o McAfee SiteAdvisor parece ter despertado interesse em alguns visitantes, haja vista os e-mails que recebi pedindo mais informações. Então, vamos a elas:

O programa foi criado em abril de 2005 por um grupo de estudantes do MIT e adquirido pela McAfee no início deste ano (a empresa atesta que mais de 90% dos sites da Web já foram analizados e classificados). Para quem não quer ou não pode instalar o plug-in (já que ele só é suportado pelo IE e pelo Firefox, e existe uma versão específica para cada navegador), a homepage do site permite fazer consultas diretas ao banco de dados, bastando que o interessado digitae o endereço (URL) suspeito. Mas instalar o programinha é mais prático, porque assim você poderá visualizar ícones no navegador que indicam se o site visitado é seguro ou não (se for inseguro, você receberá também uma descrição dos motivos).
O SiteAdvisor pode ainda atestar a confiabilidade dos sites que aparecem nos resultados de suas pesquisas no Google, Yahoo ou MSN. Via de regra, ele não o impedirá de navegar pelas páginas reprovadas, a não ser quando constatar a presença de exploits (códigos maliciosos que exploram falhas no navegador). Nesse caso o acesso será bloqueado até que você adicione o site à lista “Não Alertar” (faça-o por sua conta e risco).
A ferramenta é fácil de usar: as opções presentes no menu "Configurações" são “Participar do programa de aprimoramento do produto”, que permite que o SiteAdvisor envie informações anônimas aos desenvolvedores para corrigir bugs e incompatibilidades; “Destacar links de resultados de pesquisas”, que coloca uma cor de fundo nos resultados das buscas para que a classificação dos sites fique mais evidente; e “Mostrar veredicto na Pesquisa segura”, que habilita a classificação dos resultados de busca.Através da "Lista de avisos liberados", é possível obter livre acesso à navegação em sites bloqueados devido à presença de códigos maliciosos - mas convém adicionar um site à lista somente se ele for de sua absoluta confiança ou se o seu sistema estiver devidamente protegido contra exploits.
A transparência da análise e a possibilidade de incluir comentários ajudam a evitar que os sites sejam classificados de forma incorreta. Participe!

Postar um comentário