domingo, 17 de dezembro de 2006

Netiqueta

Netiqueta, como você provavelmente já sabe, é um neologismo que remete a regras de comportamento a ser observadas no ambiente virtual (assim, não são apenas os computadores conectados em rede que se comunicam mediante protocolos - se vocês me perdoam o trocadilho).
Mensagens enviadas em massa para uma porção de destinatários ou com palavras abreviadas e/ou anexos volumosos são exemplos das (muitas) "mancadas" que alguns (muitos) usuários de correio eletrônico cometem no dia-a-dia. Mas não é só:
Os e-mails são mensagens coloquiais e, por isso, não requerem uma redação formal. Todavia, é aconselhável evitar aquela "taquigrafia eletrônica" que se popularizou nas comunicações via programas mensageiros ("ñ" ou "naum" no lugar de "não"; "vc" em vez de "você", e daí por diante).
Além disso, convém evitar textos exageradamente longos (chatos de ler) ou muito curtos (que denotam descaso). Seja objetivo, mas educado.
Nunca envie mensagens sem inserir algum indicativo do teor no campo "Assunto", mas evite escrever simplesmente "Oi", "Olá" ou "Saudades". E-mails sem assunto ou com palavras como essas costumam ser prontamente deletados da caixa de entrada dos destinatários cuidadosos.
Não abuse dos papéis de carta (planos de fundo), imagens e arquivos de som pesados, especialmente se o destinatário da mensagem utiliza conexão discada. Use de bom senso ao reencaminhar correntes, pirâmides, pedidos de auxílio para pessoas doentes ou com familiares desaparecidos. No mais das vezes isso não passa de bobagens e não leva a nada, apenas enche a paciência.
O mesmo vale para e-mails de teor religioso. Nem todo mundo professa a mesma religião que você, e algumas pessoas podem se sentir constrangidas ou incomodadas (nada mais chato que aquele povo que bate à nossa porta, geralmente nas manhãs de domingo, para ler o Evangelho e/ou tentar nos converter à sua crença).
Não demore a responder às mensagens recebidas. No mínimo, acuse o recebimento e informe que voltará ao assunto oportunamente (e faça-o). Ao responder e-mails, edite-os removendo total ou parcialmente os textos anteriores, e procure escrever sua resposta de modo que ela seja exibida para o destinatário antes da mensagem original - do contrário, ele poderá pensar que a mensagem simplesmente lhe foi devolvida e não irá tomar conhecimento da sua resposta.
Outra providência louvável consiste em remover aqueles incomodativos sinais de ">>>>>>" que resultam num aspecto desagradável e dificultam a leitura das mensagens reencaminhadas. Veja como:

1. No Outlook Express, clique em Ferramentas > Opções > Envio e, em Formato para envio de mensagens.
2. Clique no botão Configurações de html e desmarque a caixa Recuar texto da mensagem na resposta.
3. Clique em Configurações de texto sem formatação, desmarque a opção Recuar o texto original com > ao responder e encaminhar e confirme em OK.

Tome cuidado ao enviar e-mails para múltiplos destinatários. Certifique-se de que o assunto seja realmente do interesse de todos. Além disso, use o botão "encaminhar" com parcimônia. Mensagens reencaminhadas nem sempre são lidas, mas sempre ocupam largura de banda e não raro entopem a caixa postal dos destinatários, impedindo a entrada de outros e-mails possivelmente relevantes.
Escrever seus textos com letras maiúsculas dá impressão de que você está gritando. Restrinja esse recurso a situações em que seja realmente necessário enfatizar uma parte da mensagem. E o mesmo vale para a inclusão do ícone de alta prioridade: se você abusar desse recurso, fará como na história do menininho que fingia estar se afogando e gritava por socorro: quando a coisa for séria, é bem possível que as pessoas não lhe dediquem a devida atenção.
Numa próxima oportunidade, vermos como enviar fotos digitais por e-mail com maior rapidez.
Bom domingo a todos e até amanhã.
Postar um comentário