quarta-feira, 18 de fevereiro de 2009

Complementando...

Complementando o que foi dito na postagem de ontem, não existe fórmula mágica para identificar profissionais idôneos; se seu PC apresentar defeito após o período de garantia e você não quiser recorrer a uma assistência técnica autorizada, veja se algum parente ou amigo pode lhe indicar uma oficina confiável ou um “COMPUTER GUY” competente.
Na primeira hipótese, ao deixar o equipamento para conserto, peça um orçamento detalhado - com o preço da mão de obra e das peças, prazo de entrega e condições de pagamento - e, ao retirá-lo, exija nota fiscal. No segundo, considerando que muitos profissionais autônomos atuam “de maneira informal”, isso nem sempre é possível - mas como eles geralmente atendem em domicílio e trabalham na presença do cliente, a possibilidade de levar “gato por lebre” é menor.

Observação: Seu computador pode conter diversos arquivos importantes, e se não houver jeito de fazer um backup antes de enviá-lo para a manutenção, não deixe de informar o técnico a propósito, para que ele adote medidas visando evitar que uma eventual formatação do disco ponha a perder informações difíceis (ou mesmo impossíveis) de se recuperar.

Até mais ler.
Postar um comentário