quarta-feira, 9 de março de 2011

Teclado x Mouse

Foi-se mais um Carnaval. Agora, como se costuma dizer, o Brasil pega no tranco e começa realmente sua viagem por 2011. Assim, espero que todos tenham aproveitado bastante o reinado de Momo, que tenham uma ótima quarta-feira de cinzas, e que o restante da semana seja resplandecente.
Passando ao tema do dia, até o advento das interfaces gráficas os computadores eram operados mediante complexos comandos de prompt que o usuário precisava digitar, de modo que o teclado era o principal dispositivo de entrada de dados. Atualmente, com a possível exceção da digitação de textos propriamente ditos, fazemos praticamente tudo com o mouse e já nem nos lembramos dos velhos atalhos de teclado – que, uma vez memorizados, podem proporcionar resultados mais rápidos que os obtidos através do diligente ratinho.
Se você quiser saber mais sobre atalhos de teclado, basta revisitar a seqüência de postagens que eu publiquei há uns três anos  (para acessar o primeiro post dessa sequência, clique aqui).
Enfim, para não chover no molhado (já basta São Pedro fazendo isso), vale lembrar que as setas de navegação combinadas com a tecla “Tab” simulam quase tudo que é feito com o mouse. Na maioria dos casos, a tecla ENTER replica a ação do botão esquerdo do ratinho, e a tecla Menu (posicionada à direita do campo alfanumérico, entre as teclas “Windows” e “Ctrl”) substitui o botão direito, convocando o menu de contexto e permitindo o uso das setas (para navegar entre as opções) e da tecla ENTER (para selecionar as ações desejadas).
Talvez você não veja grande vantagem em saber disso, mas irá pensar diferente se seu dispositivo apontador “der pau” num momento em que você está concluindo um trabalho importante e não tem como correr até a papelaria ou loja de informática da esquina para comprar um mouse novo.
Para concluir, veja como acessar diversos recursos do Windows via menu EXECUTAR (acessível via atalho Ctrl+r) – muitos dos quais invisíveis na interface tradicional do sistema e praticamente desconhecidos pela maioria dos usuários (clique aqui para saber mais sobre o menu em questão).
Na caixa de diálogo do menu EXECUTAR, escreva calc.exe e tecle ENTER para abrir a Calculadora, por exempo. Ou então:
access.cpl para abrir a tela das opções de Acessibilidade do Teclado, Mouse e Som;
hdwwiz.cpl para convocar o Assistente de Instalação de Hardware;
wuaucpl.cpl para habilitar/desabilitar e configurar as Atualizações Automáticas do Windows;
fsquirt para convocar o Assistente de Transferência de Arquivos por Bluetooth (desde que seu computador ofereça suporte a esse recurso);
charmap para acessar o mapa de caracteres;
clipbrd para exibir a área de transferência e o último ítem nela armazenado;
dxdiag para acessar informações sobre o DirectX e obter um diagnóstico dos componentes instalados;
diskmgmt.msc para ter acesso a informações sobre o tamanho das partições de disco físicos, óticos e pendrive, alterar as letras das unidades etc.;
diskpart para executar o particionador de HD via prompt de comando;
drwatson para executar a verificação de erros promovida pelo “Dr. Watson”;
drwtsn32 para abrir a tela do Dr. Watson e acessar o arquivo de log
verifier para verificar a compatibilidade dos drivers instalados
sigverif para realizar a verificação de assinaturas digitais de arquivos;
joy.cpl para configurar e testar controladores de jogos;
gpedit.msc para editar diretivas de grupo;
ciadv.msc para abrir a tela dos Serviços de Indexação;
jpicpl32.cpl para acessar o painel de controle do Java;
packager para ter acesso ao gerenciador para inserção e configuração de ícones;
osk para exibir o Teclado Virtual;
perfmon.msc para abrir a janela Desempenho e acessar detalhes sobre a performance do sistema operacional;
eudcedit para abrir o Editor de Caracteres Particulares (com o qual você cria seus próprios caracteres);
ntmsmgr.msc para obter informações sobre mídias removíveis;
control schedtasks para agendar e exibir tarefas a serem executadas em horários pré-definidos;
tourstart para reconvocar o Tour do XP (que é exibido por ocasião da primeira inicialização, logo depois da instalação do sistema).

Abraços e até mais ler.
Postar um comentário