quarta-feira, 15 de maio de 2013

PENDRIVE x “CINTO DE UTILIDADES”

Saber fazer é importante, mas dispor das ferramentas adequadas não tem preço.

O pendrive pode não ser tão versátil quanto certa esponja de aço de 1001 utilidades, mas nem por isso serve somente para armazenar e transferir arquivos entre computadores. Dentre outras coisas, ele pode se transformar numa maleta de ferramentas (ou num cinto de utilidades) de grande utilidade na hora de resolver problemas com o seu PC ou o de algum parente ou amigo.
Comece por providenciar um modelo de capacidade razoável – atualmente, os de 64 GB oferecem a melhor relação custo/benefício –, blindá-lo com o Panda USB Vaccine e escolher uma plataforma que permita instalar aplicativos para desktop em dispositivos de mídia removível – como o freeware PortableApps, que gerencia a instalação dos programinhas e oferece uma interface semelhante ao menu Iniciar do Windows, facilitando sobremaneira a execução dos softwares.

Observação: O site do PortableApps oferece centenas de versões de programas que funcionam a partir de pendrives, ou seja, sem que você precise instalá-las no PC. Clique em Apps / Get More Apps, esquadrinhe as opções que incluam o termo “Portable”, selecione as que você deseja e clique em Next, para que elas sejam baixadas e instaladas automaticamente. Outra boa fonte desses programinhas é o Baixaki; clique aqui para incrementar a sua seleção.

Providencie um navegador portátil – como o Chrome Portable, por exemplo – afinal, nunca se sabe se e quando algum malware irá inviabilizar o funcionamento dos browsers instalados na máquina problemática.
Crie seu arsenal de segurança instalando o Spybot Search and Destroy Portable – um dos mais tradicionais e renomados anti-spywares gratuitos que você irá encontrar – e o ClamWin Portable – que não oferece proteção em tempo real, mas faz um excelente trabalho quando executado sob demanda.
Baixe o excelente Malwarebytes Anti-Malware – que não é disponibilizado em versão portátil, mas pode ser descompactado no PC depois que você concluir as primeiras etapas da limpeza com os programinhas retro citados – e o Kaspersky TDSSKiller, que é imbatível na detecção e neutralização de rootkits (para saber mais sobre esse tipo de praga, clique aqui).

Observação: Devido à popularização dos pendrives, a maioria dos fabricantes de antivírus já oferece versões portáteis de seus programinhas. Não se limite às sugestões acima, portanto. Pesquise com seu motor de buscas preferido e baixa as opções que mais lhe agradarem.

Elimine arquivos maliciosos rebeldes – aos quais o Windows nem sempre permite acesso ou então informa que estão sendo usados por programas difíceis de identificar – com a versão “portable” do FileAssassin. Para remover definitivamente arquivos comprometedores, use o Eraser Portable (só fique atento para não utilizá-lo em drives SSD); para se livrar de aplicativos dispensáveis, recorra o Revo Uninstaller Portable, e para manipular programas e serviços que pegam carona (desnecessariamente) na inicialização Windows, experimente Autoruns Portable.
Por último, mas não menos importante, você pode fortalecer suas defesas instalando em outro pendrive (ou mídia óptica) o SystemRescueCD, que será de grande ajuda se e quando seu sistema não carregar ou não permitir que você faça o logon. Baseado no Linux, ele permite que você dê o boot, acesse os dados no seu HD, faça um backup emergencial, gerencie partições, descompacte arquivos e por aí afora (clique aqui para acessar um tutorial detalhado a propósito).

Boa sorte e até mais ler.
Postar um comentário