quinta-feira, 20 de junho de 2013

ARQUIVO HOSTS - BLOQUEIO DE SITES

Deus dá a farinha, o diabo fura o saco. 

Quem acompanha nosso Blog deve estar lembrado de que é possível recorrer ao arquivo HOSTS para bloquear URLs, domínios, SPAM e banners agressivos (para  mais detalhes, clique  aqui). Esse método é prático porque dispensa o uso de programas de terceiros, atua sobre todo o sistema – independentemente do navegador que você utilize – e só pode ser revertido por um usuário que disponha de privilégios de administrador. Interessado? Então vejamos o caminho das pedras:
  • Faça logon no Windows com sua conta de administrador.
  • Crie um ponto de restauração do sistema.
  • Em Opções de Pasta, clique em Modo de Exibição e, em Configurações Avançadas, desmarque as caixas ao lado de Ocultar as extensões de tipos de arquivo conhecidos, clique em Aplicar e confirme em OK
  • Clique em Iniciar > Todos os Programas > Acessórios, dê um clique direito sobre o Bloco de Notas, selecione a opção Executar como administrador e clique em Sim na caixa de diálogo exibida a seguir.
  • Na tela do Bloco de Notas, clique em Arquivo > Abrir..., digite HOSTS na caixa Nome e, no botão à direita, clique na setinha e selecione Todos os arquivos (*).
  • Posicione o cursor no final da última linha, tecle Enter duas vezes, pressione a tecla Tab, escreva 127.0.0.1, torne a pressionar Tab, digite o URL que deseja bloquear, salve o arquivo e feche o Bloco de Notas.
Observação: Se tiver dificuldades para salvar o arquivo, clique com o botão direito sobre ele e, em Propriedades, assegure-se de que a opção Somente leitura esteja desmarcada, e na aba Segurança, confira (e edite, se for o caso) as permissões respectivas.

Para checar se a alteração foi efetivada, abra seu navegador e tente acessar o endereço que você bloqueou. Caso o site continue disponível, veja se o arquivo não foi salvo com a extensão .TXT (que o Bloco de Notas costuma adotar por padrão). Se necessário, torne a salvá-lo marcando a opção Todos os arquivos (*) ou dê um clique direito sobre ele e tente renomeá-lo sem qualquer extensão.
Para voltar ao status quo ante, refaça os mesmos passos, desfaça as modificações e torne a salvar o arquivo (sem qualquer extensão).

Abraços e até mais ler.
Postar um comentário