segunda-feira, 30 de junho de 2014

COMO DEFINIR SEU PLANO DE FUNDO

QUEM NÃO APOSTA NO FUTURO ESTÁ FADADO A MORRER NO PASSADO.

Jogo difícil no tempo regulamentar, com momentos favoráveis a cada uma das seleções – e alguns atos relapsos da arbitragem, para se dizer o mínimo.
Ao final, o Brasil mandou o time chileno para casa nos pênaltis, coisa que, convenhamos, está mais para roleta russa ou loteria do que para uma vitória que justificasse rojões, cornetas e o escambau. Enfim, vamos ver o que nos reserva a próxima partida.

Como dito na postagem da última sexta-feira, qualquer imagem salva no computador ou hospedada na Web pode ser usada como papel de parede, bastando para tanto dar um clique direito sobre ela e escolher Definir como plano de fundo da área de trabalho. Caso seja necessário fazer ajustes adicionais, é só abrir o mini-aplicativo Vídeo do Painel de Controle, selecionar a opção Alterar plano de fundo da área de trabalho e, no campo Posição da imagem, clicar na setinha à direita, testar cada uma das opções disponíveis e manter a que melhor lhe aprouver.

Observação: Quem optar por ter uma imagem ajustada ou centralizada como plano de fundo (mais detalhes no item 2 do tutorial publicado no post anterior) poderá também emoldurá-la com uma cor de fundo. Para tanto, no campo Posição da imagem, basta clicar em Ajustar ou Centralizar, em Alterar cor de plano de fundo, escolher uma cor (ou criar um tom personalizado) e confirmar em OK.

Se a imagem estiver hospedada na Web e seu navegador for o IE ou o Firefox, dê um clique direito sobre ela e, no menu suspenso, escolha Definir como tela de fundo. Já se você usa o Chrome, clique em Copiar, cole a dita-cuja no Paint, salve-a na área de trabalho, dê um clique direito sobre ela e então clique em Definir como plano de fundo da área de trabalho. Se quiser utilizá-la para outro fim, envie-a para sua pasta Imagens, se não, pode despachá-la para a Lixeira sem problema algum.

Observação: Os formatos suportados são .BMP, .GIF, .JPG, .DIB e .PNG, mas o .JPG proporciona o melhor custo benefício - a não ser que a ideia seja imprimir a imagem em papel. A figura do por do sol visto do espaço que ilustra esta postagem, por exemplo, ocupa 1,05 MB no formato .BMP e apenas 28,9 KB no .JPG, mas as diferenças serão imperceptíveis a olho nu se você for utilizá-las como como plano de fundo, enviá-las por email ou mesmo publicá-las na Web..

O Seven disponibiliza por padrão um portfólio de paisagens relacionadas com o país que o usuário (ou o integrador, ou ainda o fabricante do computador) declarou como seu “de origem” durante a instalação do sistema, mas basta teclar Windows+R  e digitar C:\Windows\Globalization\MCT na caixa de diálogo do menu Executar para ampliar sua gama de opções a partir dos arquivos correspondentes aos demais países. Aliás, Web também é um manancial caudaloso de wallpapers, mas antes de se aventurar a navegar por águas desconhecidas, explore a Galeria de Personalização do próprio Windows, no site da Microsoft.

Amanhã a gente conclui; abraços e até lá.

Em tempo: Não deixe de assistir ao vídeo a seguir. É longo, mas vale a pena:


Postar um comentário