quinta-feira, 10 de setembro de 2015

CCLEANER ─ APRENDA A USAR ESSA EXCELENTE FERRAMENTA PARA MANTER SEU PC NOS TRINQUES SEM GASTAR UM TOSTÃO


O PENSAMENTO É SOM DA ALMA CONVERSANDO CONSIGO MESMA. 

Embora seja possível realizar manutenções preventivo-corretivas com as ferramentas nativas do Windows, os resultados serão significativamente melhores se você contar com uma boa suíte dedicada como o CCLEANER, por exemplo, que além das versões PRO e PRO PLUS, oferece a opção gratuita, com menos funções, mas que atende tranquilamente a maioria dos usuários (clique aqui para comparar preços e recursos e fazer o download, ser for o caso).

Observação: Considerando que boa parte dos freewares que descarregamos da Web costuma embutir programinhas potencialmente indesejáveis, é recomendável prevenir instalações casadas com o auxílio do Unchecky.

Os recursos do CCLEANER, já bastante intuitivos, ficam ainda mais fáceis de usar no idioma "português brasileiro". Se você não definiu essa opção durante a instalação do programa, basta clicar em Opções > Configurações.

Repare que interface da suíte exibe quatro botões. O primeiro (Limpeza), que aparece iluminado quando você abre o programa, exibe uma tela com duas abas. Windows (que também aparece selecionada por padrão) remete aos elementos do sistema e Programas, aos aplicativos instalados. Quem costuma revisitar frequentemente os mesmos sites, por exemplo, pode desmarcar a caixa de verificação correspondente a Arquivos Temporários da Internet, na aba Windows/Internet Explorer, ou Cache da Internet, na aba Programas, caso utilize o Firefox ou o Google Chrome.

Observação: A configuração default é bastante satisfatória, mas você pode modificá-la ativando ou desativando individualmente os itens disponíveis (e restabelecê-la, se assim o desejar, clicando no botão Opções > Avançado > Restaurar configurações padrão. Se precisar de mais informações, clique em  CCleaner Free, no canto superior esquerdo da janela e, na página que irá se abrir, aponte para Support e clique em Documentation. Caso não encontre a informação desejada, clique em Community Fórum e faça sua pesquisa.

Feitos os ajustes desejados, clique em Analisar para visualizar os itens passíveis de exclusão e o espaço que eles ocupam. Dê um clique direito sobre qualquer um deles para obter mais opções, ou então clique em Executar limpeza para eliminar todo o entulho de uma tacada só.

O botão "Registro" permite corrigir erros no Registro do Windows de maneira fácil e rápida (para saber mais sobre esse importante banco de dados, acesse esta postagem). Basta você clicar em Procurar erros, aguardar a exibição da lista, clicar em Corrigir erros selecionados e seguir as instruções na tela. Por padrão, todas as caixas de verificação vêm marcadas, mas você pode dar o seu toque pessoal, se quiser, bem como clicar com o botão direito sobre cada um dos itens que serão removidos e explorar as opções disponibilizadas no menu de cortina.

Observação: O Registro do Windows é composto por milhares de itens, e muitos deles são essenciais para o correto funcionamento do sistema. Ainda que o CCLEANER não costume "pisar na bola", é recomendável aceitar a sugestão do programa e salvar um backup do registro antes de realizar a limpeza (ao final, se tudo correr bem, envie o arquivo para a lixeira e esqueça o assunto).

Para que este texto não fique longo demais, vamos deixar o resto para amanhã. Abraços a todos e até lá.
Postar um comentário