terça-feira, 31 de janeiro de 2017

WINDOWS 10 ― VERSÃO 1507 DEIXA DE TER SUPORTE A PARTIR DE MARÇO

DIFÍCIL DIZER O QUE INCOMODA MAIS, SE A INTELIGÊNCIA OSTENSIVA OU A BURRICE EXTRAVASANTE. 

A primeira versão do Windows 10 (1507), lançada oficialmente em julho de 2015, deixará de ser suportada pela Microsoft a partir de 26 de março de 2017. Claro que seu PC não deixará de funcionar se você não atualizar o sistema para a versão 1511 e/ou não instalar o update de aniversário (versão 1607). Aliás, segundo o StatCounter Global Stats, 5% dos PCs do planeta ainda usam o XP, 8,5% têm o Eight.1 e 40,2% mantêm o Seven, embora o Ten venha ganhando espaço: embora esteja longe de atingir a ambiciosa meta de 1 bilhão de máquinas, ele começou 2016 com uma participação de 12% e fechou o ano com 27,15%. Mas manter a versão 1507 significa deixar de receber novas correções e atualizações críticas e de segurança, o que é preocupante, sobretudo porque, como eu venho dizendo há anos, a internet se tornou um ambiente bastante hostil.

Observação: No Windows 10, as versões são identificadas pelo ano e o mês de lançamento (1507 = ano de 2015 e mês 07). Para descobrir qual versão está instalada no seu computador, clique em Iniciar > Configurações > Sistema > Sobre.

Aliás, muita gente vem sendo pega de surpresa pela instalação automática do update de aniversário (versão 1607), que voltou a ser “empurrado” pela Microsoft no último dia 20. Isso porque, conforme comunicado no ano passado, a empresa vem investindo no modelo de software como serviço, que inclui um sistema de atualização semelhante ao da Apple, destinado a incentivar os usuários a rodar as versões mais recentes do sistema. Deixar de oferecer suporte à versão original do TEN faz parte dessa estratégia (para saber mais, clique aqui), e com a chegada do Windows 10 Creators, em abril, apenas as versões 1511 e 1607 continuarão sendo suportadas.

Felizmente, a empresa de Redmond resolveu os problemas que vinham impedindo um número significativo de usuários de instalar o bendito update de aniversário, pondo um fio ao calvário que eu abordei nesta, nesta, nesta, nesta e nesta postagem. Eu mesmo já estava perdendo as esperanças de um dia bater papo com a Cortana (assistente pessoal que permite interagir com o sistema operacional por meio de comandos de voz) quando resolvi tentar (mais uma vez) fazer a atualização e ― aleluia! ― o 1607 entrou liso feito quiabo.

Por último, mas não menos importante: Se o prazo para migrar gratuitamente para o Windows 10 expirou em julho do ano passado, como fica a situação de quem não fez o upgrade? (Vale lembrar que a mídia original do software não custa barato; nas lojas parceiras da Microsoft, a versão Home sai por R$469,99 e a Pro, por R$809,99). Se é seu caso, saiba que existem duas alternativas:

A primeira é instalar o TEN e ativá-lo usando a chave da versão original (Windows 7 ou 8.1) ― trata-se de uma solução “não oficial”, por assim dizer, mas que, à luz da meta ambiciosa da Microsoft, é compreensível que essa janela de oportunidade continue aberta, embora não se saiba até quando (portanto, é bom você se apressar). 

A segunda é clicar neste link e, na página de acessibilidade da Microsoft, clicar em Atualizar agora. Concluído o download do arquivo de instalação, dar duplo clique sobre ele fazer uma instalação limpa do Windows 10 (para mais detalhes, siga este tutorial do site de tecnologia Techtudo).

Boa sorte.

SOBRE EIKE BATISTA, O EMPREENDEDOR QUE SONHOU EM SER O HOMEM MAIS RICO DO MUNDO E ACORDOU EM BANGU 9.

Na última quinta-feira, 26, ao tentar cumprir um mandado de prisão contra Eike Batista ― acusado de pagar US$ 16,5 milhões de propina ao ex-governador fluminense Sérgio Cabral, que está preso desde novembro do ano passado ―, a PF descobriu que o empresário havia se mandado para Nova York. Na condição de foragido, o ex-bilionário entrou para a lista dos procurados da Interpol.

Eike voltou ao Brasil dias depois ― “para ajudar a passar as coisas a limpo”, segundo ele próprio ―, quando então foi encaminhado para o presídio de Bangu 9, unidade destinada a milicianos e ex-policiais militares, onde divide com outros 6 presos da Lava-Jato que, como ele, não têm curso superior, uma cela de 15 metros quadrados onde não há água quente e um “boi” serve de vaso sanitário. Lá, cada detento pode levar uma TV de 14 polegadas e um ventilador, e recebe 4 refeições por dia (bem mais frugais do que aquelas com que Eike estava acostumado, naturalmente).

O ex-bilionário deve ser ouvido pela PF na tarde desta terça-feira (31). Ontem, dois habeas corpus foram protocolados no TRF da 2ª Região, que decidirá seu futuro. Especula-se que, se for mantido preso por muito tempo, ele poderá negociar uma delação premiada. Além dele, seu antigo homem de confiança e hoje vice-presidente do Flamengo, Flávio Godinho, acusado de intermediar o pagamento da propina a Cabral, também entrou com pedido de habeas corpus. O empresário Francisco de Assis Neto, conhecido como Kiko ― que, segundo a PF, recebeu R$ 7,7 milhões do esquema de Sérgio Cabral apenas em 2014 ―, continua foragido.

Eike divide opiniões. Dilma chegou a afirmar que ele era “nosso padrão, nossa expectativa e orgulho do Brasil” (vindo de quem vem, essa bobagem não chega a surpreender, mas enfim...). Para a anta vermelha, ele “tinha capacidade de trabalho, buscava as melhores práticas, queria tecnologia de última geração, percebia os interesses do país e merecia nosso respeito”. Talvez agora ela reveja seus conceitos.

Uma provável delação desse exemplo de probidade pode complicar ainda mais a situação de Lula e colocar sua pupila em palpos de aranha, tamanha a quantidade de fatos espúrios que ele conhece sobre a dupla de petralhas. Segundo o Sensacionalista, o molusco já se matriculou num curso superior por correspondência ― mas teme que sua correspondência seja desviada por algum petista. Oficialmente, ele nega estar estudando e diz que quem está fazendo isso é um amigo, mas na verdade ficou alarmado com a situação de Eike, que acabou sendo separado de sua peruca ― já que essa tinha curso superior e ele, não.

Em tempo: Não deixe de dedicar uns minutinhos a este vídeo. Ele foi publicado por Rodrigo Constantino, acompanhada da introdução que eu reproduzo abaixo, com umas poucas alterações de minha lavra, mas que não chegam a comprometer a ideia original:

Muitos sentem saudades da “presidanta” fazendo seus discursos, especialmente de improviso. Não há programa de humor melhor, convenhamos. Conheço alguns que tiveram até crise de abstinência, e ficaram no YouTube babando, revendo os velhos discursos, com as mãos trêmulas e tudo. Pois bem: seus problemas acabaram! Não só vou trazer ao leitor saudosista (ou masoquista?) um trecho de um discurso fresquinho, como em espanhol! Isso mesmo! Dilma tentou, pois o que saiu foi o “portunhol” mais tosco que já vi na vida. E o conteúdo não fica atrás: o “neoliberalismo” é o grande culpado por todos os males do mundo! Gente, não tenho como descrever o quão hilário é esse vídeo. E digo mais: ele fica melhor ainda quando lembramos que, agora, podemos rir de Dilma sem chorar logo depois, já que a anta vermelha não é mais a presidanta da Banânia. 
Fabio Porchato e Marcelo Adnet podem competir com isso? É concorrência desleal, o que explica o “humor” cada vez mais apelativo dos dois. Do mesmo nível, só mesmo Greg escrevendo suas colunas na Falha de São Paulo…

Confira minhas atualizações diárias sobre política em www.cenario-politico-tupiniquim.link.blog.br/

2 comentários:

Martha disse...

Oi Fernando
Ri muito com o vídeo....rsrsrs
O que é o Windows 10 Creators?
Preciso me preocupar?
Quanto ao restante: que horror....estamos chegando quase ao fundo do poço....espero que não seja muito fundo....
Bjs e obrigada sempre!!!

Fernando Melis disse...

Oi, Martha.
Pois é, uma das características do brasileiro é fazer troça da própria desgraça. Felizmente, dessa desgraça a gente se livrou, embora continuemos a sustentá-la a peso de ouro (mesmo ex-presidentes impichados fazem jus às mordomias garantidas àqueles que deixaram o Planalto pela porta da frente).
No mais, Windows 10 Creators Update é como se chama a próxima versão do TEN, que será disponibilizada dentro de alguns meses ― provavelmente entre março e abril, a julgar pelo número que a identifica (1703).
Conforme eu disse na postagem, as versões do Windows 10 são identificadas por um número que corresponde ao ano e o mês de lançamento (1507 = julho de 2015; 1511 = novembro de 2016 = 1607 julho de 2016, e assim por diante).
A versão do sistema resultante do update de aniversário (1607) também é conhecida como Redstone 1, e a próxima, 1703, será batizada de Redstone 2.
No que respeita a mais esse desdobramento no âmbito da política, dizem que primeiro é preciso piorar para depois melhorar. Mas acho que está mais que na hora da curva passar de descendente a ascendente, você não acha? Lula lá! E com Dilma na rabeira.
Beijos, tks e até mais ler.