terça-feira, 17 de outubro de 2006

Dúvidas...

Abro aqui um parêntese para tratar de algumas dúvidas postadas pelos meus ilustres visitantes, a saber: arquivos duplicados, restauração do sistema, programas antivírus e antispyaware gratuitos, questões inerentes à gravação de DVDs e diferenças entre alguns tipos de mídias. Mas é preciso ir por por partes.
Vamos começar pela questão dos arquivos duplicados, que, por sinal, é bastante delicada. Realmente, quem se der ao trabalho de verificar irá encontrar centenas de megabytes "perdidos" no HD por conta desses arquivos, mas a remoção não é tão simples quanto a princípio lhe possa parecer. Primeiro, porque dá uma "mão de obra" danada localizar todos esses clones; segundo, porque não é fácil diferenciar o que pode ser apagado daquilo que deve permanecer gravado no disco.
Vale lembrar que procedimentos de ordem geral, quando aplicados a sistemas específicos, podem apresentar resultados distintos (por conta de diferenças nas configurações de hardware e software, dentre inúmeros outros fatores), e o propósito destas dicas e sugestões é prevenir e/ou solucionar problemas, e não agravar o quadro clínico da máquina de quem quer que seja. Lamentavelmente, não há como postar roteiros detalhados e tutoriais passo-a-passo ilustrados aqui no blog (embora a gente faça isso na mídia impressa). Para quem quiser conhecer o Windows XP de cabo a rabo, sugiro os volumes 2, 7 e 8 da CGFI; solução de problemas inerentes ao uso do PC (conflitos, travamentos, performance etc.), volume 3 da Edição Especial da coleção - veja detalhes clicando no link "Conheça melhor o nosso trabalho", no lado direito da página (bem aqui ao lado, por coincidência).
De qualquer forma, recomendo que você tome muito cuidado na hora de remover arquivos duplicados. O ideal é utilizar ferramentas de diagnóstico e manutenção específicas, dentre as quais eu recomendo o (excelente) System Mechanic ou o Norton System Works - programas pagos, mas disponibilizados em versões de teste que funcionam por um prazo determinado (suficiente para o interessado "dar uma geral" na máquina).
Há também opções gratuitas (e muito boas) como o Easy Cleaner, que pode ser baixado diretamente do site do fabricante (www.toniarts.com) ou de sites especializados (como o superdownloads, baixaki etc.). Ele roda em qualquer versão do Windows posterior à 95 e suporta diversos idiomas, inclusive portugês.
Ainda assim, tome muito cuidado ao usar o comando que remete aos arquivos duplicados, porque é você quem decide o que fica e o que deve ser apagado. Se for o caso, mantenha tudo na lixeira (ou salve os arquivos num pendrive ou CD-R) até ter certeza de que eles não farão falta.
Um bom dia a todos e até a próxima.
Postar um comentário