sexta-feira, 20 de junho de 2008

O "Cara do Computador"

"Computer guy" significa "O Cara do Computador", numa tradução literal. Para quem embarcou recentemente no mundo digital, vale dizer que durante muito tempo os PCs de grife custavam caro e só eram comercializados em lojas especializadas. De uns anos para cá, todavia, devido ao expressivo upgrade do mercado da informática no Brasil, essas máquinas se tornaram mais acessíveis e passaram a ser vendidas em grandes magazines e supermercados de médio porte, ao lado de micro-systems, refrigeradores, fornos de microondas e outros eletrodomésticos que tais.
Entretanto, por conta dessa "popularização", a figura do "Cara da Informática" - que durante anos era a opção primária (quando não a única) para a maioria dos usuários domésticos - está fadada a desaparecer, da mesma forma que os "computadores Frankensteins", montados por integradores independentes ou por aquele sobrinho da madrinha do cunhado do seu primo. Aliás, esses eram os tais "Caras do Computador", que trabalhavam em lojas de informática ou atendiam em domicílio; você os contatava e explicava o que queria, e eles estabeleciam a configuração adequada, montavam e instalavam tudo (inclusive uma porção de programas de utilidade duvidosa) e, ao final, deixavam um cartãozinho com um número de celular (qualquer coisa, é só ligar!) e saíam com seus "pré-datados" no bolso. Mas tem algumas coisas que você certamente não sabia sobre eles:

1 - O CARA DO COMPUTADOR dorme. Pode parecer mentira, mas ele precisa dormir como qualquer outra pessoa. Esqueça que ele tem celular e telefone em casa, ligue somente para o escritório e no horário comercial.
2 - O CARA DO COMPUTADOR come. Parece inacreditável, mas é verdade. Ele também precisa se alimentar e tem hora para isso.
3 - O CARA DO COMPUTADOR pode ter família. Essa é a mais incrível de todas: Mesmo sendo um CARA DA INFORMÁTICA, ele precisa descansar no final de semana, para poder dar atenção à família, aos amigos e a si próprio, sem pensar ou falar em informática, consertos, manutenção, vírus, e etc.
4 - O CARA DO COMPUTADOR, como qualquer cidadão, precisa de dinheiro (por essa você não esperava, não é?). É surpreendente, incrível, mas ele também paga impostos, faz supermercado, utiliza transporte, compra roupas, sapatos, e às vezes precisa fazer uma refeição um pouco melhor que o PF do boteco da esquina.
5 - Ler e estudar também é trabalho, e trabalho sério. Pode parar de rir! Quando o CARA DO COMPUTADOR está concentrado num livro ou revista especializada, está se aprimorando como profissional (ou seja, trabalhando). Se ele está lendo um artigo na Internet para tentar resolver seu problema, dê-lhe um tempo, saia de perto e deixe-o fazer seu trabalho.
6 - O CARA DO COMPUTADOR não é vidente, não joga tarô e nem tem bola de cristal. Se é isso que você deseja, contrate um PARANORMAL. Ele precisa planejar e se organizar para fazer um bom trabalho, seja de que tamanho for. Prazos são necessidades, não luxo... Se você quer milagres, reze, faça jejum, acenda uma vela de 7 dias, mas deixe o pobre do CARA DO COMPUTADOR em paz.
7 - Em eventos sociais (reuniões de amigos ou festas de família), o CARA DO COMPUTADOR deixa de ser o CARA DO COMPUTADOR e reassume seu posto de amigo ou parente, exactamente como era antes de ingressar na profissão. Ele tem direito de se divertir. Já que você se diz tão amigo do CARA DO COMPUTADOR, não venha pedindo um "jeitinho" pra resolver seu problema na empresa ou em casa. Contrate-o - não sem antes perguntar quanto vai custar... O CARA DO COMPUTADOR precisa trabalhar para pagar suas contas.
8 - O CARA DO COMPUTADOR não é instituição financeira, não clona páginas de Bancos e nem vive de renda. Honre seus compromissos financeiros - afinal, se ele serve para resolver os SEUS problemas urgentes, não é justo ter de esperar para receber o pagamento e dividí-lo em suaves prestações a perder de vista.
9 - Não existe um 'levantamentozinho", uma "pesquisazinha", um "resuminho", um "programinha pra controlar minha loja", um "probleminha que a maquina não liga", uma "passadinha rápida". OS CARAS DO COMPUTADOR não resolvem este tipo de problema. Levantamentos,pesquisas e resumos são frutos de análises cuidadosas, requerem atenção, dedicação. Esses tópicos podem parecer inconcebíveis a uma boa parte da população, mas servem para tornar a vida do CARA DO COMPUTADOR mais suportável.
10 - Celular é ferramenta de trabalho. Ligue apenas quando necessário; fora do horário de expediente, mesmo que você ainda duvide, o CARA DO COMPUTADOR pode estar fazendo alguma coisa que você jamais pensou que ele fazia - como dormir ou namorar, por exemplo.
11 - Pedir a mesma coisa várias vezes não faz o CARA DO COMPUTADOR trabalhar mais depressa. Aguarde o prazo estipulado. Não fique em cima, questionando a todo momento (ou irá parecer que você quer saber como se faz, para não precisar pagar para O CARA DO COMPUTADOR novamente).
12 - Quando o horário de trabalho do período da manhã vai até 12h, evite ligar às 11:55 horas (releia o item 2). E o mesmo vale para o período da tarde. Não ligue às 17:55, espere até o dia seguinte.
13 - Quando O CARA DO COMPUTADOR estiver apresentando um projeto, evite bombardeá-lo com perguntas. Isso atrapalha sua concentração, além de lhe torrar a paciência.
14 - O CARA DO COMPUTADOR não inventa problemas, não muda a versão do Windows, não tem relação com vírus, não é sócio de loja de peças, NÃO É CULPADO PELO MAU USO DO EQUIPAMENTO e nem por você ter um PC muito antigo. Ele também não tem culpa se o Speedy, o Vírtua ou o Ajato não funcionam direito, especialmente quando o cliente quer banda larga de 30 Mbps num Pentium II. O CARA DO COMPUTADOR faz o máximo para você gastar o mínimo, mas tudo tem limites. O CARA DO COMPUTADOR não criou os ditados "o barato sai caro" e "quem paga mal, paga duas vezes", mas concorda com eles.
15 - Se O CARA DO COMPUTADOR resolver seu problema, não vá dizer que você já sabia, que seu cunhado tinha dito a mesma coisa, que era uma bobageirinha à-toa... O CARA DO COMPUTADOR também é filho de DEUS, e não filho daquilo que você pensou...

Bom fim de semana a todos, e um abraço especial aos CARAS DO COMPUTADOR que porventura acompanhem estas postagens.
Postar um comentário