segunda-feira, 15 de dezembro de 2008

Cuide bem de seus olhos...

Além das tradicionais tendinites e demais lesões provocadas pela execução de tarefas que envolvem movimentos repetitivos ou posturas forçadas, o uso ininterrupto do computador pode ser também uma ameaça aos olhos.
Conhecida em inglês como CVS (computer vision syndrome), a síndrome da visão do usuário de computador se manifesta quando passamos muitas horas seguidas defronte ao monitor. Seus sintomas consistem em dores de cabeça freqüentes, olhos vermelhos e secos, visão embaçada e dificuldade em focar algum objeto.
Vale lembrar que piscar os olhos é indispensável para manter a vista lubrificada, e a freqüência das piscadelas, em situações normais, é de cerca de vinte vezes por minuto. Mas quando estamos concentrados nas imagens exibidas na tela do monitor, esse número pode cair para algo em torno de sete. Isso sem falar que a iluminação inadequada e a refrigeração forçada do ambiente potencializam o ressecamento dos olhos (especialmente para quem usa lentes de contato).
Para prevenir o CVS, os especialistas recomendam posicionar o monitor a uma distância entre 50 e 65 centímetros dos olhos, com inclinação de até 20º abaixo da linha de visão (e nunca de frente para fontes de luz,como lâmpadas e janelas), manter a tela limpa e livre de reflexos (com o uso de cortinas ou filtros anti-reflexo nas janelas), evitar o excesso de brilho e – no caso de monitores CRT – ajustar a freqüência de atualização para algo em torno de 75 hz.
Habitue-se também a descansar a vista por cerca de 5 minutos a cada hora de trabalho e, se necessário, consulte um oftalmologista sobre a conveniência de pingar um colírio que funcione como lágrima artificial.
Bom dia a todos e até mais ler.
Postar um comentário