terça-feira, 17 de março de 2009

Atualizações e Reversões

Desenvolvedores responsáveis estão sempre aprimorando seus softwares, seja para corrigir bugs ou falhas de segurança, seja para acrescentar funções adicionais, novos recursos e outros que tais. Por conta disso, é sempre bom atualizar regularmente o sistema operacional e demais programa, até porque inúmeros incidentes de segurança decorrem da exploração de falhas conhecidas e corrigidas (mas solenemente ignoradas pelos usuários).
Para manter seu Windows sempre em dia, dê um clique direito em Meu Computador, selecione Propriedades, clique na aba Atualizações Automáticas e marque a opção Automática (a postagem de 08 de abril de 2008 dá mais detalhes sobre as outras opções disponíveis). Se preferir rode manualmente o Windows Update (Iniciar > Todos os Programas > Windows Update) a cada quinze dias ou, no mínimo, após a segunda terça-feira de cada mês, que é o dia de Patch Tuesday da Microsoft.
Quanto aos demais aplicativos, em não havendo uma comando que automatize a atualização (ele fica geralmente em Ferramentas ou em Ajuda), o jeito é recorrer aos sites dos respectivos fabricantes, mas vale lembrar que o Software Inspector facilita essa pesquisa. Para utilizá-lo, acesse http://secunia.com/software_inspector, clique em Start Now, marque a opção "Enable thorough system inspection" e clique em Start (quando a análise estiver concluída, clique no sinal de mais (+) ao lado das entradas consideradas problemáticas para obter informações adicionais e acessar os links que remetem às correções ou versões mais recentes dos programas).

Observação: A despeito de a gente recomendar enfaticamente a utilização das versões mais recentes dos aplicativos, alguns upgrades podem resultar numa interface menos amigável, no sumiço de menus e opções com as quais o usuário já estava acostumado, ou até mesmo num aumento das exigências de hardware que dificulte (ou inviablize) o uso da nova versão em PCs mais antigos. Para piorar, nem sempre é fácil fazer o downgrade, já que a maioria das empresas costuma manter em seus servidores apenas as últimas versões dos softwares. Por isso, o site http://www.oldversion.com/ pode ser a tábua de salvação, já que lá é possível encontrar facilmente versões antigas de um vasto leque de softwares gratuitos.

Bom dia a todos e até mais ler.
Postar um comentário