segunda-feira, 23 de novembro de 2009

De olho no cartucho

Se você está pensando em trocar sua impressora, não se atenha apenas ao preço do hardware; em alguns casos, duas trocas de cartuchos custam tanto quanto uma impressora nova!
Falando em cartuchos, é sempre bom ter um jogo disponível – ninguém merece sair correndo para comprar um refil durante a impressão de algo importante –, mas vale lembrar que as impressoras geralmente exibem o famigerado alerta (ou simplesmente param de funcionar) quando ainda resta tinta suficiente para imprimir dezenas de páginas. Eu tive uma Epson que era assim – só que, quando ela dava o aviso, eu simplesmente realizava o processo de troca reinstalando o mesmo cartucho, e continuava imprimindo normalmente por mais uma ou duas semanas.
Em testes realizados pela PCWorld envolvendo diversas marcas e modelos de impressoras, a quantidade de tinta não utilizada variou de 8% (num cartucho original Epson) a impressionantes 45% (num cartucho terceirizado para a Canon). Para piorar, após exibir a mensagem de pouca tinta, essas máquinas só voltam a funcionar depois que o usuário substitui o cartucho.

Observação: Alguns fabricantes alegam que esse procedimento se destina a evitar que a tinta resseque e danifique o equipamento; outros se defendem dizendo que a quantidade restante é de apenas uns poucos mililitros (considerando que um cartucho com 8 ml de tinta preta custa cerca de R$ 25, cada mililitro desperdiçado representa um prejuízo de mais de R$ 3), mas a verdade é que todos eles parecem pensar que nós somos mesmo um bando de otários.

Tenham todos um ótimo dia.
Postar um comentário