terça-feira, 25 de outubro de 2011

Painel de Controle

O “Painel de Controle” acompanha o Windows desde 1985, embora só passado a ser parte integrante do sistema dez anos depois. No XP, se você não encontrá-lo no menu Iniciar, dê um clique direito num ponto vazio da Barra de Tarefas, selecione Propriedades e, na janela das Propriedades da Barra de tarefas e menu Iniciar, abra a aba Menu Iniciar, clique em “Personalizar”. Na aba Avançado, clique em Itens do Menu Iniciar, localize Painel de controle, marque a opção Exibir como um Menu e dê Ok.
Observação: Se você migrou para o Seven, quer convocar o Painel de Controle nos moldes originais, mas não se anima a recriar o atalho respectivo via edição manual do Registro, instale o programinha disponível em http://www.baixaki.com.br/download/computer-customizer.htm, que facilita diversas reconfigurações do sistema, inclusive essa.

Como na versão Millennium, o Painel do XP pode ser exibido por categorias, mas é no modo clássico que todos os comandos são visualizados – inclusive os criados por determinados aplicativos e certos dispositivos de hardware. Aliás, alguns desses comandos continuam presentes mais por uma questão protocolar do que por real necessidade, como é o caso de “Adicionar hardware”.
Com o advento do “plug and play” e, mais recentemente, do USB, basta conectar fisicamente os componentes e periféricos para que o Windows os reconheça e faça os ajustes necessários. A instalação de drivers requer apenas a introdução da mídia na gavetinha – ou duplo clique sobre o executável, no caso de downloads pela Internet (veja mais detalhes em http://fernandomelis.blogspot.com/2011/06/revisitando-os-drivers.html), e eventuais problemas podem ser resolvidos via Gerenciador de Dispositivos.
Demais disso, existem itens redundantes, como é o caso de “Sistema” (para acessar sua tela de propriedades, pressione as teclas Windows + Pause/Break), ou “Vídeo” (dê um clique direito num ponto vazio do Desktop e selecione propriedades). E o mesmo vale para “Data e hora” (duplo clique no relógio do sistema) e para “Barra de tarefas e menu Iniciar” (clique direito na Barra de tarefas > Propriedades).
Vale lembrar que a maioria dos comandos do Painel de Controle está disponível tanto para contas de administrador quanto limitadas, mas alguns exigem plenos poderes, já que podem tornar o sistema inoperante caso sejam manipulados de forma inapropriada.
Enfim, eu pretendia detalhar melhor todas as categorias e os miniaplicativos exibidos em cada uma delas, mas pensei melhor e desisti da idéia, até porque fazê-lo exigiria uma série de postagens extensas e enfadonhas. Se algum tiver dúvidas sobre alguma categoria ou comando específico, basta deixar um comentário para que, na medida do possível, eu tente esclarecer.
Abraços e até mais ler.
Postar um comentário