terça-feira, 13 de março de 2007

Freewares - continuação...

Instalar aplicativos é um procedimento simples e intuitivo, até porque a maioria dos programas atuais integra suas próprias rotinas de instalação. Via de regra, basta fazer o download, salvar os arquivos de instalação na Área de Trabalho (ou numa pasta qualquer), fiscalizá-los com o antivírus (procedimento importantíssimo) e então clicar sobre eles para dar início à instalação. Concluído esse processo, convém reiniciar o computador (mesmo que o assistente de instalação não exija que você o faça).
Observe que você não precisa guardar os arquivos de instalação dos programas descarregados da Web (e nem deve deixá-los espalhados pelo Desktop ou perdidos na pasta Meus Documentos).
Caso queira mantê-los por conta da possibilidade de precisar reinstalar os aplicativos, dê a eles um nome que faça sentido para você e reúna-os numa pasta onde seja fácil encontrá-los (nomeie essa pasta como “Instaladores” ou coisa parecida).

Antes de instalar novos aplicativos:

1. Faça um check-up na sua unidade lógica – caso não disponha de um pacote de ferramentas melhor, use dos recursos nativos do Windows para fazer uma limpeza no disco, corrigir erros e desfragmentar os dados.
2. Rode o Windows Update (Iniciar > Todos os Programas > Windows Update) e assegure-se de que todas as atualizações críticas e de segurança sejam instaladas. Reinicie a máquina, se necessário.
3. Faça uma varredura on-line antivírus + anti-spyware e crie um ponto de restauração do sistema (dê a ele um nome que identifique a instalação do novo software). Caso você venha a enfrentar problemas com o novo aplicativo, será mais fácil reverter o quadro.
4. Assegure-se de que o programa em questão seja compatível como o seu sistema operacional (e com a versão que você utiliza; muitos programas escritos para o XP, por exemplo, não rodam no ME ou em outras versões anteriores do Windows).
5. Leia de cabo a rabo aquele “contrato” com cujos termos você geralmente se limita a “concordar” para dar prosseguimento à instalação. Desenvolvedores responsáveis costumam declarar expressamente a existência (e a finalidade) de possíveis adwares, spywares e outros programinhas que tais. Na dúvida, recuse o software (aborte a instalação).

Abraços e até amanhã.
Postar um comentário