quarta-feira, 8 de agosto de 2007

Cautela e canja de galinha...

... nunca fizeram mal a ninguém.
Ainda que as dicas abaixo possam soar repetitivas aos visitantes contumazes aqui do Blog, volto ao assunto devido à sua indiscutível relevância e ao fato de nossa "audiência" ser "rotativa" - e nem sempre os recém-chegados se dão ao trabalho de retroceder pelas páginas para ler as postagens anteriores.
Indo direto ao ponto, e-mails fraudulentos são uma praga que não pára de crescer. Só a Symantec barrou cerca 1,5 bilhão de mensagens desse tipo no primeiro semestre do ano passado. Então, para evitar que seus dados confidenciais/pessoais caiam nas mãos de criminosos, é bom tomar alguns cuidados:

1) Instale um filtro anti-spam. Eles não resolvem tudo, mas reduzem sensivelmente a quantidade de lixo e de mensagens mal intencionadas que chegam à sua caixa postal.

2) Desconfie de prêmios, vídeos de gente famosa flagrada com o novo namorado, fotos inéditas da última tragédia... Temas como esses são as iscas mais utilizadas pelos crackers para levar o internauta menos avisado a baixar arquivos que roubam dados do PC. Se receber algo do gênero, apague imediatamente.

3) Jamais clique em links de e-mails, mesmo quando a mensagem parecer legítima (se ela trouxer como remetente o seu banco, por exemplo, e pedir que você clique em uma promoção ou faça uma atualização cadastral). Links são facilmente camuflados (você vê http://www.banco.com.br/, mas é redirecionado para http://www.qualquercoisa.com.br/). Sempre que for necessário visitar o site do seu Banco, digite o URL diretamente no navegador.

4) Só faça downloads de programas a partir de fontes confiáveis - que geralmente verificam os arquivos que disponibilizam.

5) Evite serviços de compartilhamento de arquivos (como o KazAa e outros que tais), pois eles são uma das principais fontes de disseminação de vírus e outros programas nocivos.

6) Jamais clique em links recebidos pelo MSN ou por qualquer outra ferramenta de comunicação sem antes confirmar com o remetente se foi ele mesmo quem mandou e para onde leva o hyperlink em questão; alguns malwares são capazes de disparar essas mensagens automaticamente e, depois, não adianta chorar.

7) Páginas de comunidades - como o Orkut - são muito interessantes, mas representam uma fonte preciosa de dados para crackers e outros cybercriminosos de plantão. Lá, eles encontram e-mails e outras informações valiosas, que podem ser utilizada em seus golpes. Seja discreto em seu perfil e restrinja o acesso a seus dados pessoais.

8) Instale - e mantenha atualizado - um bom software antivírus (foi-se o tempo em que isso era suficiente para proteger o computador, mas essa ferramenta ainda é um componente importante do pacote de proteção), um aplicativo de firewall competente e bem configurado (embora as últimas versões do Windows incluam um firewall nativo, é mais seguro optar por uma solução de terceiros - como o consagrado ZoneAlarm, que é gratuito e oferece maior nível de proteção) e um anti-spyware (devido a proliferação dos programas espiões).

9) Mantenha seus softwares sempre atualizados, especialmente o sistema operacional e as ferramentas de segurança (antivírus sem atualização, por exemplo, não protege quase nada). Quem não tem paciência para realizar manualmente esses procedimentos deve configurar os programas para descarregar e instalar as atualizações automaticamente.

10) Reze... sempre ajuda.

Bom dia a todos e até amanhã.
Postar um comentário