terça-feira, 21 de outubro de 2008

Menus de Contexto (final)

Prosseguindo com o que dizíamos na postagem anterior, com a chave Shell selecionada no painel esquerdo do Editor do Registro, escolha as chaves correspondentes aos comandos de menu que você deseja eliminar e pressione <Delete>; quando terminar, clique em Arquivo > Sair.
Da próxima vez que você der um clique direito numa pasta, os comandos eliminados terão desaparecido. mas se você mudar de idéia e quiser restabelecer a configuração anterior, restaure o sistema ou use sua cópia de backup (dê um clique direito sobre o arquivo de exportação do registro que você criou antes de fazer as alterações, escolha a opção Mesclar, clique em Sim e depois em OK).
Note que alguns comandos que aparecem nos menus contextuais não fazem parte da chave Directory, mas sim da chave Folder (na verdade, eles são um sub-ramo de HKEY_CLASSES_ROOT\Folder\Shell). Para excluir comandos de outros tipos de arquivo, utilize o mesmo processo e remova a chave apropriada dentro da chave Shell para a chave específica do arquivo.
Se tiver dificuldades para encontrar a chave certa, abra o Windows Explorer (ou qualquer janela de pasta), selecione um arquivo cujo menu contextual você queira eliminar e pressione <Shift+F10> para visualizar seu menu contextual. Feito isso, volte ao Editor do Registro e selecione a chave HKEY_CLASSES_ROOT para iniciar a busca. Escolha Editar > Localizar e digite o nome do comando que você quer remover. Certifique-se de que Dados esteja marcada na seção Procurar Em e clique em Localizar Próxima (como sugerido anteriormente, faça backup da chave principal antes de selecionar a chave a ser removida e pressionar a tecla <Delete>).

Observação: Os mesmos comandos de menus contextuais podem estar presentes para diversos tipos de arquivo; alguns deles podem ser removidos abrindo o Editor do Registro e selecionando HKEY_CLASSES_ROOT\*\shellex\ContextMenu Handlers (escolha Arquivo > Exportar para fazer backup da chave; depois, dentre as chaves sob esse ramo, procure as que correspondam aos itens de menu que você deseja eliminar).

Convém ter em mente que, em alguns aplicativos, a remoção das entradas de menu contextual é bastante complicada. Em caso de dificuldades, tente buscar informações no site do fabricante, e se a coisa se tornar muito complicada, melhor aceitar a idéia de que o comando antipático veio para ficar, e ponto final.
Até mais ler.
Postar um comentário