quarta-feira, 25 de novembro de 2009

Antivírus gratuitos

Depois de um saudável intervalo, voltamos a focar os antivírus para sugerir algumas opções freeware bastante interessantes, começando pelos populares AVAST e AVG. Antes, porém, devido aos comentários suscitados pelo Norton Internet Security e Norton 360, vale lembrar que esses produtos podem ser testados gratuitamente por 30 dias (mais informações e download em http://shop.symantecstore.com/store/symanbr/pt_BR/ContentTheme/pbPage.Trialware_pt_BR/ThemeID.15500).
Vale lembrar também, por oportuno, que nenhum programa é perfeito, que segurança absoluta é história da carochinha, e que mesmo as suítes pagas mais bem conceituadas não garantem 100% de proteção, especialmente porque os hábitos dos usuários estão entre os maiores fatores de risco. (Traçando um paralelo com os automóveis, de nada adianta você equipar seu carro com um sistema de alarme ultra-sofisticado se costuma largar o veículo em qualquer lugar, aberto e com a chave no contato).

O AVAST ANTIVIRUS HOME EDITION (www.avast.com) tem como pontos fortes a detecção de pragas e a velocidade de varredura (nos testes realizados pela AV-Test.org, ele bloqueou 98,2% de uma amostra com mais de meio milhão de arquivos infectados e neutralizou 90% dos rootkits). Por outro lado, além deixar para trás diversas entradas do Registro, seu desempenho foi sofrível na detecção pró-ativa – que simula como um antivírus age diante de malwares desconhecidos –, e sua interface desatualizada e confusa tem seções que parecem pertencer a aplicativos diferentes.

O AVG 8.5 FREE (www.avgbrasil.com.br/) combina um bom conjunto de ferramentas (a função LinkScanner, por exemplo, procura detectar e neutralizar ataques provenientes de páginas da web em tempo real – ou seja, enquanto o usuário navega) com uma interface enxuta e intuitiva, configurações default adequadas e boa capacidade de proteção (ele bloqueou 95.8% das amostras utilizadas no teste). Sua detecção pró-ativa, velocidade de varredura e desempenho na desinfecção do sistema são bastante aceitáveis, mas, a exemplo da maioria dos antivírus gratuitos, ele não foi capaz de reverter mudanças feitas no Registro e nem de identificar o acesso bloqueado ao Gerenciador de Tarefas do Windows (nota seis e meio, se tanto).

Amanhã a gente conclui.
Abraços e até lá.
Postar um comentário