quarta-feira, 4 de maio de 2011

Privacidade na Rede

Se você anda ziguezagueando por salas de chat, tem cadastro no YouTube, Orkut e Facebook, criou Blogs e microblogs, entupiu sua agenda de contatos no Messenger e abriu sua privacidade como uma flor em pétalas de informações, talvez seja hora de repensar o assunto – até porque Deus, em Sua infinita sabedoria, dotou o ser humano de dois ouvidos e uma boca. Devido ao pretenso “anonimato” da Web, blogs, redes sociais, salas de bate-papo e programas mensageiros costumam levar os incautos a soltar a matraca, e aí a caca está feita. É certo que assuntos “constrangedores” costumam fluir naturalmente numa conversa pela Rede – a moça confessa ter traído o moço, o moço expõe suas taras mais secretas, e por aí vai –, mas nem sempre se pode confiar em quem está do outro lado da tela, até porque a criação de perfis falsos é fartamente utilizada por pessoas mal intencionadas.
Ao navegar, use um pseudônimo – e não deixe de criar uma conta de e-mail especial para ele.
Evite divulgar seu endereço ou telefone para desconhecidos ou trocar fotos que permitam identificar sua casa, escola ou escritório (basta a placa de um automóvel e um amigo policial ou despachante para alguém obter informações sobre o proprietário).
Tome cuidado ao usar programas mensageiros, já que eles costumam criar registros das conversas – a menos que sejam configurados para não fazê-lo –, sem mencionar que podem incluir links e arquivos maliciosos (e o mesmo vale para salas de bate-papo).
Se você acha que já se expôs demais no Facebook, faça o login, clique em Conta, Configurações da Conta, Configurações e no link “Desativar Conta”; apresente uma justificativa para sua saída, selecione a opção para não receber futuros e-mails da rede e não volte a acessar a conta por duas semanas (após o que ela será deletada automaticamente).
No Twitter, faça login, clique em Configurações, Conta, e no link “Desativar minha conta”; após a devida confirmação, ela será desativada e apagada.
O processo é parecido em outros sites (como Orkut, MySpace, etc.), mas, antes de comandar o encerramento da conta, procure eliminar manualmente o máximo de postagens, fotos e mensagens internas que puder. Se você acha esse procedimento muito trabalhoso, o Suicide Machine (http://www.suicidemachine.org/) pode lhe dar uma mãozinha.
Abraços a todos e até mais ler.
Postar um comentário