sexta-feira, 3 de junho de 2011

De volta às Telas Azuis da Morte e Humor...

Mais comuns no tempo do 9x/ME, as Telas Azuis da Morte ainda se manifestam no XP e nas versões mais recentes do Windows, sendo que, em muitos casos, basta reiniciar o sistema para o bonde voltar aos trilhos. No entanto, se o problema for recorrente, aí a porca torce o rabo.
A boa notícia é que o Seven mantém um registro do que a Microsoft chama de “Stop Error” (“nome oficial” dessas temidas mensagens de erro); para interpretar esses dados, baixe o freeware  BlueScreenView, que mostra quais drivers estavam rodando no momento da pane e indica os possíveis suspeitos.
Falando em drivers (assunto também focado em outras postagens), convém sempre mantê-los atualizados e, para tanto, o freeware SlimDrivers é uma mão na roda, pois analisa o sistema e lista os itens que precisam de atualização. Se você registrar (gratuitamente) o programa, ele irá até mesmo baixar e atualizar os drivers e criar um ponto de restauração antes de cada atualização (só não convêm atualizá-los todos de uma vez, pois se algum deles causar problemas, você terá dificuldade para encontrar o culpado).

Observação: Telas azuis freqüentes também podem sinalizar problemas de hardware, especialmente relacionados com a memória RAM. O Windows 7 tem sua própria ferramenta de diagnóstico, mas usuários de versões anteriores do sistema terão de recorrer a programas de terceiros – como o freeware Windows Memory Diagnostic (mas informações e download em http://www.baixaki.com.br/download/windows-memory-diagnostic.htm).

Humor de sexta:

O cara está preso na delegacia, todo arrebentado... O advogado comparece para libertá-lo e pergunta o que havia acontecido. O cliente começa a explicar:
- Bem, eu estava passando na rua e de repente vi um monte de gente correndo. Estavam socorrendo uma prostituta, que acabava de dar a luz a um lindo menino. Solidário, comprei um pacote de fraldas para presentear a prostituta. Então, um PM, com 2 metros de altura se aproximou, e vendo o pacote de fraldas, perguntou:
- Pra onde vai isso?
E eu respondi:
- Vai pra puta que pariu...
Em suma, pobre, quando quer ajudar, só se ferra.

Abraços e um ótimo final de semana a todos.
Postar um comentário