quinta-feira, 9 de maio de 2013

WINDOWS SEVEN – SUSPENSÃO HÍBRIDA


O AMOR É CEGO, MAS O MATRIMÔNIO DEVOLVE A VISÃO.

As versões mais recentes do Windows trazem uma inovação conhecida como Suspensão Híbrida – uma mescla de suspensão e hibernação que não só preserva o conteúdo da RAM, mas, adicionalmente, replica-o no HD para prevenir a perda de dados decorrente de uma eventual falta de energia ou outra intercorrência que desligue inesperadamente o computador.
Embora tenha sido desenvolvida com vistas aos desktops, que não dispõem de alimentação alternativa por bateria (a menos que o usuário disponha de um no-break), essa função  pode ser habilitada em laptops. Para tanto:

1.     Clique em Iniciar > Executar, digite powercfg.cpl, dê OK e, na tela das Opções de Energia, clique no link Alterar configurações do plano correspondente ao esquema de energia que você utiliza.
2.     Clique me Alterar configurações de energia avançadas e no sinal de adição (+) à esquerda da opção Suspender.
3.     Expanda a opção Permitir modo de suspensão híbrido e ative o recurso em questão (talvez seja necessário reiniciar o computador para efetivar a modificação).

Observação: A partir daí, a Suspensão Híbrida irá prevalecer sobre a convencional, e a entrada Hibernar deixará de ser exibida no menu de desligamento, embora você possa convocá-la alterando a função do botão Power ou configurando-a como ação padrão no fechamento da tampa do note, por exemplo. Basta voltar à tela das Opções de Energia, clicar no link Escolher as funções dos botões de energia (à esquerda da janela) e fazer os ajustes desejados.

Para evitar que abelhudos acessem seu PC enquanto você vai ao banheiro ou toma um cafezinho, por exemplo, use a opção Bloquear do menu de desligamento ou ajuste a Proteção de Tela (Painel de Controle > Vídeo > Alterar Proteção de Tela) para entrar em ação após um período curto de inatividade e marque a caixa Ao reiniciar, exibir tela de logon.
Para ausências mais longas (durante a noite, também por exemplo), use a função Suspender, que “desperta” o sistema em segundos. E se for transportar o note de casa para o trabalho e vice-versa, use a Hibernação – que, a despeito do “despertar” mais demorado, não só poupa a bateria como também evita danos no HD (em ambos os casos você pode proteger o acesso ao sistema mediante a tela de logon).

Observação: Eu uso o note como substituto do desktop (em um ano e meio, ele jamais deixou minha mesa de trabalho), mas mantenho a bateria instalada, não só para mantê-la permanentemente carregada, mas também para que ela funcione como no-break no caso de faltar energia. Coloco o sistema em suspensão ao encerrar os trabalhos e desligo o estabilizador de tensão. Embora o “overnight” consuma somente 15%, em média, da capacidade da bateria, mantenho a função Hibernar ativada e configurada para entrar em ação automaticamente se a carga chegar ao nível crítico (5%). Para fazer esses ajustes você também:

  1. Volte à tela das Opções de Energia, clique no link Alterar configurações do plano correspondente ao esquema ativo e em Alterar configurações de energia avançadas;
  2. Clique no sinal de adição (+) ao lado do item BATERIA e faça os ajustes desejados;
  3. Não deixe de definir Hibernar como Ação de bateria crítica.

Por último, mas não menos importante, não deixe de desligar o computador da maneira convencional a cada três ou quatro dias, para que a memória RAM seja completamente esvaziada.

Era isso, pessoal. Comentários serão bem vindos.
Postar um comentário