terça-feira, 14 de abril de 2015

INTERNET ATRAVÉS DE REDES WI-FI PROTEGIDAS (3ª parte).


A VIDA É MUITO IMPORTANTE PARA SER LEVADA A SÉRIO.

Cumprindo o prometido na última sexta-feira, veremos agora como usar o freeware Mandic Magic para acessar redes Wi-Fi ativas nas proximidades, mesmo protegidas por senhas, desde que seus “donos” também utilizem o programinha, que funciona como um sistema colaborativo daí o fato de ser legal, pois, ao se cadastrar, cada usuário concorda em permitir que os demais acessem sua rede Wi-Fi.

O Mandic pode ser obtido a partir do Google Play, do Apple Store ou do Windows Store, conforme o SO do seu smartphone/tablet. Para usá-lo, cadastre-se com sua conta do Facebook (e aceite as permissões solicitadas pelo app) ou crie um perfil dedicado. Depois, ative o Wi-Fi e o GPS do seu aparelho e execute o programinha para visualizar o mapa da região e as redes próximas e seus respectivos status (figura acima à esquerda).

Para refinar sua busca, clique no ícone de engrenagem. Os pinos podem ser mostrados segundo a qualidade do sinal ou nível de proteção: as cores indicam se a rede é livre (verde), requer somente registro (amarelo) ou é protegida por senha (vermelho). Caso não queira procurar a rede no mapa, clique na seta no canto superior direito da tela para acessar os itens em forma de lista, onde você poderá organizá-los por proximidade ou ordem alfabética. Clique em um dos pinos ou item da lista para visualizar o nome e a localização da rede e a respectiva senha, se houver. Clique sobre a senha para copiá-la para a área de transferência, acesse-a rede normalmente, cole a senha no campo apropriado e navegue à vontade.

Era isso, pessoal. Amanhã a gente revisita o Cloud Storage (armazenamento na nuvem) e na quinta vê mais dicas importantes sobre redes Wi-Fi. Abraços e até lá.
Postar um comentário