segunda-feira, 14 de abril de 2008

3G

Alguém perguntou dias atrás como os usuários da Claro estão se dando com a nova tecnologia de telefonia celular, e eu prometi voltar ao assunto oportunamente. Pois bem, a despeito da campanha publicitária exaltar a maior velocidade de acesso a dados, parece que o desempenho do serviço vem decepcionando muita gente.
Em tese, as redes 3G têm potencial para alcançar picos de velocidade de até 14,4 Mbps, mas na prática a teoria é outra. A Claro disponibiliza três pacotes de velocidades (250 Kbps, 500 Kbps e 1 Mbps), sem limites de volume de dados, mas diversos fatores interferem na velocidade real, dentre os quais a distância entre o ponto onde o serviço está sendo acessado e a antena que está emitindo o sinal (estação rádio base). A empresa reconhece ainda que o aumento da demanda também pode resultar em redução de velocidade, e garante apenas 10% da largura de banda prevista no contrato (no plano básico, isso significa 25 Kbps - menos que uma conexão discada).
Em vista disso, fique atento na hora de adquirir um serviço de banda larga via rede 3G. Leia cuidadosamente o contrato e certifique-se de que as áreas onde você pretende usar a rede sejam cobertas pela tecnologia (do contrário, seu aparelho se conectará à rede 2G, que permite transferência de dados a apenas 100 Kbps). Segundo a Pro Teste, se sua velocidade ficar abaixo do mínimo garantido pela operadora, o usuário pode exigir desconto no preço, cancelamento do serviço ou recorrer aos órgãos de defesa do consumidor e à Anatel.
Boa sorte a todos, e uma excelente semana.
Postar um comentário