sexta-feira, 25 de abril de 2008

Uma mão na roda... (aditamento)

Respondendo a pergunta postada anonimamente na matéria de ontem, o NitroPC é tido por muitos analistas idôneos como um utilitário eficiente e confiável (veja que não estou falando dos "depoimentos" divulgados no site do fabricante).
Todavia, a Intelliclick se vale de uma estratégia de marketing interessante, mas antipática.
Na página do programa (http://www.nitropc.com.br/v/index.php), é dito que "A tecnologia de ponta oferecida por NitroPC analisa o sistema em detalhes e, ao detectar falhas, realiza instantaneamente todas as correções necessárias". Entretanto, só depois de instalar o software e fazer a primeira varredura - e encontrar uma penca de erros distribuídos por diversas categorias - é que o usuário descobre ser preciso pagar uma taxa de licença para então poder proceder às correções. Devido a isso, eu ficaria com o MV Regclean 5.5 (http://www.velasco.com,br/), que é uma alternativa gratuita e bastante eficiente.

Observação: Note que não há nada de errado no fato de desenvolvedores cobrarem para licenciar seus produtos (ou Bill Gates não estaria bilionário), mas esse é um aspecto que deve ficar bem claro para os usuários (veja detalhes sobre as modalidades de distribuição de software na postagem de 21/12/06).

Vale lembrar, por oportuno que softwares de manutenção podem tornar o PC mais estável, resgatando o desempenho que o sistema teve nos melhores momentos de sua vida útil -o que já não é pouco -, mas geralmente não têm o condão de "tornar o computador mais rápido" (para isso, só via overclocking - do processador, memórias e aceleradora gráfica - ou mediante um upgrade de hardware).
Para entender melhor essa diferença sutil, imagine que você esteja dirigindo seu carro com o freio de mão puxado até a metade. Ao liberar totalmente a alavanca, a quantidade de HPs gerados pelo motor não será alterada, mas o veículo certamente irá andar bem melhor.
Passemos agora à nossa tradicional piadinha de sexta-feira:

Uma mulher está numa sala de chat, quando surge alguém com um nick estranho:
- Quer teclar?
- Você é homem ou mulher?
- Você quer ou não teclar?
- Depende! Você é homem ou mulher?
- Adivinhe!
- Ok! Me diz ai: cinco marcas de cerveja!
- Brahma, Kaiser, Skol, Antártica, Bavária!
- Ótimo. Agora me diga cinco marcas de camisinha!
- Jontex, Prosex... hum... é difícil!
- É... você é homem!
- Sou sim! Mas como você descobriu?
- Fácil, ora, você bebe mais do que transa!

Um bom final de semana a todos.
Postar um comentário