terça-feira, 9 de março de 2010

OpenDNS

No ano passado, quando o Speedy apresentou instabilidades recorrentes (e até um “apagão” generalizado), houve quem sugerisse alterar os endereços de DNS para fugir desse tipo de problema.
Para quem não sabe, os servidores DNS são responsáveis por converter em números de IP os URLs que digitamos na barra de endereços do navegador. No entanto, como eles utilizam o protocolo UDP (que é incapaz de checar se as solicitações são autênticas ou não), costumam alvos freqüentes de ataques DDoS desfechados por Botnets.(Para entender melhor essa sopa de letrinhas, pense no DNS como um PABX e no exército de zumbis com uma porção de gente ligando ao mesmo tempo para o número chave, até que todos os ramais se esgotem e o telefone passe a dar sinal de ocupado).
Enfim, quando assinamos um serviço de acesso à internet, geralmente somos instados a usar os servidores DNS da empresa contratada, embora isso nem sempre seja a melhor opção. Para uma navegação mais estável e segura, uma boa idéia é recorrer ao OpenDNS, que além de oferecer respostas mais rápidas e dispor de uma ampla rede de datacenters (quando um deles cai, o tráfego é redirecionado automaticamente para o mais próximo), também bloqueia o acesso a sites mal intencionados.
Caso você queira utilizar esse serviço gratuitamente, clique aqui, crie sua conta e siga as instruções exibidas em “Get Started” para reconfigurar seus endereços de DNS primário e secundário. (No XP, basta dar um clique direito no ícone de rede que é exibido na Área de Notificação, clicar em Propriedades, dar duplo clique sobre o protocolo TCP/IP e fazer as alterações).
Até mais ler.
Postar um comentário