sexta-feira, 16 de outubro de 2015

ACELERAÇÃO POR HARDWARE - O QUE É E COMO DESABILITAR

QUANDO PERGUNTARAM A SIR ISAAC NEWTON COMO FOI POSSÍVEL DESVENDAR AS LEIS DA NATUREZA, ELE DISSE QUE SÓ CONSEGUIU FAZÊ-LO POR "ENXERGAR O MUNDO DE CIMA DOS OMBROS DOS GIGANTES QUE O PRECEDERAM".

A aceleração por hardware é um expediente mediante o qual os recursos da aceleradora gráfica (ou placa de vídeo) são utilizados para aprimorar o desempenho do sistema operacional e prover maior agilidade a aplicativos que tiram proveito dessa tecnologia ─ como é o caso dos browsers, que ganham substancial agilidade na abertura de webpages quando o trabalho de renderização (maneira como as imagens são formadas e exibidas na tela do monitor) é dividido entre a CPU (processador principal sistema computacional) e a GPU (processador dedicado da placa gráfica). E como a placa gráfica se torna a principal responsável por fazer o processamento de informações relacionadas à maneira como as imagens são formadas, a CPU fica livre para desempenhar outras atividades, melhorando, por tabela, a performance do computador como um todo.

Em máquinas de configuração modesta, todavia, manter a aceleração por hardware habilitada pode causar instabilidades e até travamentos; se for o seu caso, veja como proceder para reduzi-la ou desabilitá-la completamente no Windows 7:

1. Abra o menu Iniciar e clique em Painel de Controle.
2. Clique em Aparência > Vídeo (no modo de exibição por Categoria; na exibição por ícones, clique diretamente em Vídeo).
3. Clique no link Ajustar Resolução e, na janela Resolução de Tela, clique em Configurações avançadas > Solucionar problemas > Alterar configurações.
4. Em Aceleração por hardware, ajuste o controle deslizante conforme desejado (para desativar completamente o recurso, mova o controle totalmente para a esquerda), confirme em OK e novamente em OK para fechar a tela das Propriedades de vídeo.
5. Reinicie o computador para validar a alteração.

No IE (que foi o primeiro navegador a integrar o recurso em questão, e talvez por isso ele venha habilitado por padrão):

1. Abra o navegador, clique no menu Ferramentas e selecione Opções da Internet.
2. Clique na aba Avançadas e, no campo Configurações, sob Elementos gráficos acelerados, marque a opção Usar renderização de software, em vez de renderização de GPU.
3. Confirme em OK e reinicie o computador para validar a alteração.

No Google Chrome:

1. Abra o navegador e clique no botão Personalizar e controlar o Google Chrome (que fica na extremidade superior direita da janela e é representado por três traços horizontais, um logo acima do outro).
2. Clique em Configurações, role a tela até o final, clique em Mostrar configurações avançadas...
3. Torne a rodar a tela até o final e, no campo Sistema, desmarque a opção Usar aceleração de hardware quando disponível.
4. Feche o navegador e reinicie o computador para validar a alteração.

No Firefox:

1. Abra o navegador, pressione o botão Abrir menu (na extremidade superior direita da janela, ao lado da barra de endereços).
2. Clique em Opções e, na coluna à esquerda, em Avançado.
3. No campo Navegação, desmarque a caixa ao lado de Quando disponível, usar navegação por hardware.
4. Encerre o navegador e reinicie o computador.

Passemos agora ao nosso humor de sexta-feira:


                                                                 




Abraços a todos e até segunda.
Postar um comentário