segunda-feira, 29 de junho de 2009

Notebooks + 3G

Devido à queda no preço dos portáteis, muita gente vem realizando o “sonho” de ter um note ou netbook, mesmo que mobilidade e portabilidade não sejam suas principais prioridades. Mas sempre há quem realmente precise levar o laptop a toda parte – e até mesmo usá-lo em trânsito – , quando então as modalidades de acesso à Internet via DSL ou Cabo deixam de ser viáveis.
O Brasil tem mais de 11 milhões de usuários de banda larga, dos quais cerca de 7 milhões utilizam conexões DSL e 2,6 milhões, conexões por Cabo. Além dessas opções, existe também o acesso via rádio e via satélite (as chamadas “alternativas de nicho”, presentes notadamente em regiões onde não existe disponibilidade de par trançado ou cabo, ou então em áreas muito remotas) que, somadas, contam com menos de 500 mil assinantes em todo o País, até porque costumam ser caras e/ou restritivas.
No caso do rádio, o serviço está disponível apenas em prédios, e a largura de banda é compartilhada pelos moradores do local; no caso do satélite, o interessado precisa comprar uma placa de rede importada e uma antena parabólica especial para a recepção dos dados, além de pagar mensalidades bastante salgadas (a StarOne, da Embratel, oferece planos via satélite corporativos que custam a partir de R$ 595 por mês, com velocidades de 200 Kbps no download e 50 Kbps no upload).
De uns tempos pra cá, todavia, a banda larga 3G, oferecida pelas operadoras de telefonia móvel celular, vem se consolidando como uma nova opção de acesso rápido, com crescimento acima dos 50% no segundo semestre do ano passado (fechando 2008 com quase 2 milhões de assinantes). Por outro lado, ainda que sejam pequenos e leves, os modems 3G acabam representando uma “tranqueira” a mais para o usuário levar consigo, sem mencionar que é desconfortável utilizar o computador em movimento com o dispositivo espetado a portinha USB. Além disso, a despeito de já ter conquistado mais de 4 milhões de usuários, essa modalidade de acesso também coleciona reclamações por conta de sua instabilidade, devendo ser vista como uma opção complementar para quem já dispõe de banda larga fixa.
Seja lá como for, se você ainda não comprou seu portátil, talvez lhe interesse saber que alguns fabricantes já estão oferecendo aparelhos com modem 3G integrado, como é o caso dos HP Pavilion dv4 1130 e 1150 (em parceria com a TIM), do Positivo Mobo 3G e do LG X110 (estes com planos de internet móvel da VIVO). E ao que tudo indica, num futuro próximo os fabricantes de laptops passarão a embutir esses modems em todos os seus modelos – que contarão com entradas para sim card como um telefone celular –, e aí o consumidor poderá comprar o computador da marca que quiser e adquirir o chip com a operadora de sua preferência.
Bom dia a todos e até amanhã.
Postar um comentário