quinta-feira, 9 de julho de 2009

Mensagens de erro – final

Para concluir esta trilogia, temos os erros de bloqueio do XP, que podem ocorrer a qualquer momento, embora sejam mais comuns durante a instalação ou inicialização do sistema - ou ainda após a execução de uma determinada aplicação. Esses travamentos “congelam” o PC e exibem uma tela azul (ou preta) com um texto do tipo Stop:oxooooooA(parameter1,parameter2,parameter3,parameter4) IRQL_NOT_LESS_OR_EQUAL**** address x has base at x “nome do arquivo”. Nesses casos, você deve anotar o código do erro (exibido logo após a palavra STOP), a descrição do erro (como por exemplo, IRQL_NOT_LESS_OR_EQUAL) e o nome do arquivo mencionado no final da mensagem, para pesquisar na Base de Conhecimentos da Microsoft (vá diretamente a http://support.microsoft.com/?LN=pt-br&x=10&y=5 para obter as informações em português) ou através do Google, até porque inúmeros sites de outras empresas também podem oferecer suporte e apoio. Vale ainda rodar o utilitário “sigverif.exe” (mais informações no post de 19/11/08) e rever as informações e sugestões apresentadas nas postagens com o título Deu Pau?, puclicadas no início de Fevereiro de 2007.
Note que, de todos os erros de bloqueio do XP, o mais comum é o 0x0000000A, ou simplesmente IRQL_NOT_LESS_OR_EQUAL, mas o problema é que essa mensagem é genérica e aplicável a um vasto leque de drivers e componentes não certificados. Além disso, muitos erros advêm de aplicativos com problemas de execução, de modo que convém recorrer ao suporte dos respectivos desenvolvedores para obter informações sobre incidentes conhecidos ou eventuais atualizações.
Em certos casos, a solução do problema consiste simplesmente na remoção de um aplicativo incompatível, na atualização de um driver de dispositivo ou mesmo na reversão de uma atualização de mal sucedida – aliás, os drivers costumam ser responsáveis por travamentos e instabilidades, sobretudo quando estão danificados (dê um clique direito em Meu Computador, selecione Propriedades, clique na aba Hardware, abra o Gerenciador de Dispositivos e atente para quaisquer pontos de exclamação em amarelo).
Arquivos de sistema corrompidos ou desaparecidos também são useiros e vezeiros em acarretar problemas ao funcionamento do Windows, mas a maioria deles pode ser recuperada facilmente a partir dos arquivos de instalação (.CAB), desde que você conte com o auxílio de programas como o ZipScan (http://www.baixaki.com.br/download/zipscan.htm).
Para finalizar, tenha em mente que você reduzirá sensivelmente as chances de enfrentar instabilidades, travamentos ou mensagens de erro se mantiver seu sistema saudável com o auxílio das diversas ferramentas sugeridas aqui no Blog.
Espero ter ajudado.
Um bom dia a todos.
Postar um comentário