segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

Recauchutagem

O recente lançamento do Seven e a aproximação do Natal vêm propiciando diversas opções interessantes para quem quer modernizar seu equipamento e, de quebra, migrar para a nova versão do Windows. Entretanto, se você tiver de amargar mais um tempo com seu PC velho de guerra, saiba que uma faxina em regra ajuda bastante, pois lentidão, travamentos e outros problemas que torram sua paciência podem ser corrigidos facilmente. Acompanhe:

1- Antes de qualquer outra coisa, crie um ponto de restauração do sistema: no XP, clique em Todos os programas > Acessórios > Ferramentas de Sistema > Restauração do sistema, escolha a opção “Criar ponto de restauração” e digite um nome para identificá-lo.

2- Libere espaço no HD desinstalando programas desnecessários e transferindo todos os documentos que você não acessa com freqüência para CDs, DVDs ou pendrives (a escolha da mídia varia conforme suas preferências, recursos disponíveis e quantidade de espaço necessário).
3- Em Meu Computador, dê um clique direito na sua unidade de sistema (geralmente C:), selecione Propriedades e clique em Limpeza de Disco. Certifique-se de que todas as caixas de verificação estejam assinaladas, dê OK nas caixas de diálogo que surgirem em seguida e aguarde a conclusão da limpeza (na aba Mais Opções, você pode liberar um bocado de espaço removendo os pontos de restauração do sistema que o Windows cria regularmente, mas só o faça se seu PC estiver estável).

Observação: Caso não tenha um utilitário de manutenção eficiente (vale lembrar que já sugerimos diversos, aqui no Blog), elimine manualmente todos os arquivos com extensões TMP, OLD, BAK, CHK, por exemplo, ou que comecem por til (~), interrogação (?) ou cifrão ($). Em seguida, abra a pasta Meu Computador, expanda sua unidade de sistema e, na pasta Windows, localize (e esvazie) as pastas Temp e Prefetch. Depois, vá até C:\Documents and Settings\nome do usuário\Configurações Locais e apague o conteúdo das pastas Temp, Histórico e
Temporary Internet Files.

4- O próximo passo é corrigir eventuais erros lógicos e desfragmentar o HD. Para isso, dê um clique direito na unidade desejada, selecione Propriedades > Ferramentas > Verificação de Erros > Verificar agora..., marque as duas opções (Corrigir erros.../Procurar setores...) e clique em “Sim” para agendar uma verificação e reinicie o computador (o chkdsk requer acesso exclusivo à unidade de sistema e deve ser executado antes que o Windows seja carregado).

5- Na sequência, proceda à desfragmentação dos arquivos (ainda na aba Ferramentas, clique em Desfragmentar agora...) e vá tomar um café, comer um sanduíche, dar banho no cachorro, telefonar para a namorada, enfim... O troço pode levar algumas horas, dependendo dos recursos da sua máquina e das condições da unidade de disco.

Observação: Essas tarefas devem ser executadas quando a máquina estiver ociosa e preferencialmente se não houver perspectiva de chuvas com trovoadas (falhas no fornecimento de energia podem resultar no desligamento inesperado do computador e conseqüente perda de dados).

5- Utilize um serviço de segurança on-line – como o Microsoft Live OneCare (
http://onecare.live.com/site/pt-br/default.htm), o HouseCall (http://housecall.trendmicro.com/), o F-Secure Online VirusScanner (http://support.f-secure.com/enu/home/ols.shtml) ou o BitDefender Online Scanner (http://www.bitdefender.com/scan8/ie.html) – para se certificar de que seu antivírus residente não tenha “comido bola”.

6- Para finalizar, providencie um pano limpo, um aspirador portátil, um pincel de cerdas macias, prepare uma solução de água e detergente neutro, acesse as postagens publicadas em 29 e 30 de março de 2007 e 04 de novembro de 2008, arregace as mangas e mãos à obra!

Tenham todos um ótimo dia.
Postar um comentário