terça-feira, 24 de agosto de 2010

Ainda sobre o OE...

A melhor maneira de conhecer os recursos do Outlook Express – ou de qualquer outro programa – é experimentar. Note que a Barra de menus, na janela principal, é composta por seis itens (Arquivo, Editar, Exibir, Ferramentas, Mensagens e Ajuda). Clicando em cada um deles, você terá acesso a um menu suspenso com um elenco de opções (que detalharemos a seguir, com exceção do menu Ajuda, que dispensa apresentações).

• O menu Arquivo agrupa as funções principais do programa; através dele, você cria novas mensagens, contatos e pastas, compacta uma ou todas as pastas, adiciona e gerencia identidades, salva e-mails, envia anexos, importa ou exporta mensagens (ou uma lista de contatos), imprime mensagens, visualiza as propriedades das pastas, e por aí vai.
• O menu Editar permite selecionar, copiar, mover e excluir mensagens ou pastas, esvaziar a pasta "Itens excluídos", usar a função "Localizar" (que funciona como um serviço de busca nas pastas do programa), marcar e desmarcar mensagens (lidas, não lidas etc.) e muito mais.
• No menu Exibir, é possível modificar o modo de visualização das mensagens (ocultando, por exemplo, os e-mails lidos) e classificá-las (por nome, remetente, assunto, anexo etc.), bem como alterar o layout do programa, o tamanho da visualização e a codificação dos textos.
• Com o menu Ferramentas, você administra suas contas, estabelece regras para o recebimento de mensagens (confirmação de recebimento, assinaturas etc.).
• O menu Opções oferece diversos ajustes nas configurações do programa (clique em cada uma das abas para conferir as diversas possibilidades disponíveis).
• No menu Mensagens, você pode criar uma "Nova Mensagem", definir um papel de carta (plano de fundo) para decorá-la, responder ao remetente, responder a todos e encaminhar a mensagem para outro(s) destinatário(s) – note que, escolhendo a opção “responder a todos” ao invés de “responder ao remetente, sua resposta será enviada para todos os destinatários da mensagem original. Há também comandos para observar ou ignorar conversação, sinalizar e criar regras para as mensagens (você pode definir, por exemplo, que e-mails de um determinado remetente – ou domínio, ou com um assunto específico – sejam encaminhados diretamente para uma pasta exclusiva ou diretamente para lixeira, conforme o caso).

Personalizar o OE é um processo simples e intuitivo. Clique no menu Exibir e confira o vasto leque de possibilidades. Em Colunas, por exemplo, você pode adicionar uma coluna marcando a caixa de seleção ao lado do nome – ou selecionando o nome da coluna e clicando em Mostrar; para removê-la, desmarque a caixa de seleção ou selecione o nome e clique em Ocultar; para alterar a ordem de exibição, selecione um nome de coluna e clique em Mover para cima ou Mover para baixo. Experimente também definir e personalizar o modo de classificação e a ordem de exibição das mensagens (por exemplo, por data e da mais antiga para a mais recente) e aproveite o embalo para desabilitar o painel de visualização (em Layout), já que, com esse recurso ativo, o OE abre automaticamente a primeira mensagem da lista, facilitando a execução de códigos maliciosos.
Por padrão, o OE descarrega as mensagens armazenadas no provedor sempre que você abre o programa, e a partir de então, em intervalos pré-definidos (para alterar essa configuração, clique em Ferramentas > Opções > GeralEnviar/receber mensagens). Alternativamente, você pode descarregar seus e-mails manualmente clicando no botão Enviar/Receber.
Para acessar as mensagens em sua caixa de entrada, faça o seguinte:

• Se o OE estiver aberto na pasta-raiz, clique em Ler Mensagens (ou clique diretamente em Caixa de Entrada). Os cabeçalhos das mensagens existentes serão então exibidos na porção direita da tela, na área de exibição do conteúdo das pastas.
• Para visualizar uma mensagem, dê duplo clique sobre ela. O conteúdo da mensagem será então exibido na área de exibição do conteúdo dos e-mails.
• Para comandar outro procedimento (responder, encaminhar, excluir etc.), recorra ao menu Mensagem e use os botões correspondentes (ou clique sobre a mensagem em questão com o botão direito do mouse e escolha a ação adequada no menu de contexto).

Note que, quando uma mensagem é aberta, o envelopinho à esquerda do cabeçalho passa de “fechado” para “aberto”; quando o e-mail é respondido ou repassado para outros destinatários, uma setinha indicativa (voltada para a esquerda ou para a direita, respectivamente) lhe dá conta disso.
Amanhã a gente conclui.
Abraços e até lá.
Postar um comentário