quinta-feira, 26 de agosto de 2010

De volta à edição de imagens

Programas caros e sofisticados como o Adobe Photoshop e o Corel Draw são imbatíveis para aplicações profissionais, mas usá-los no âmbito doméstico é como matar moscas com tiros de escopeta. Se suas necessidades não vão muito além de “retocar” uma ou outra foto ou fazer ajustes simples em imagens baixadas da Web (para ilustrar trabalhos, montar apresentações, etc.), o Paint (ferramenta nativa do Windows para edição de imagens) pode muito bem “quebrar seu galho”.
Ainda que não permita manipular camadas nem ofereça outros recursos sofisticados, o Paint é uma mão na roda pra retrabalhar imagens de maneira simples e intuitiva (melhor ainda se você tiver a nova versão – que acompanha o Windows 7 – com interface Ribbon, pincéis adicionais, opções de formas e outras melhorias).
Convém ter em mente que a melhor maneira de conhecer um software é explorar seu potencial, começando pelos tópicos da ajuda, que devem ser lidos cuidadosamente. Muitos usuários não sabem que o menu Imagem do Paint permite realizar diversos ajustes interessantes (tais como girar e inverter as imagens, por exemplo, ou reconfigurar seus atributos), enquanto outros reclamam que o programa não permite mesclar figuras, conquanto seja possível obter resultados satisfatórios mediante o velho recurso de recortar e colar: A ilustração deste post foi obtida a partir de uma única figura; eu simplesmente criei dois arquivos, reduzi um deles à metade do tamanho clicando em Imagem > Alongar/Inclinar, apliquei o comando “inverter/girar” e teclei Ctrl+X. Em seguida, abri o outro arquivo, arrastei a borda vertical direita de maneira a obter espaço para a colagem, teclei Ctrl+V e ajustei o leãozinho no local desejado.
É claro que existem “n” opções de software mais rebuscados para edição de imagens, inclusive gratuitos, como é o caso do  Gimp e do  Paint.net, por exemplo. Mas quem raramente edita imagens não precisa se dar ao trabalho de instalar um programa dedicado, já que pode recorrer a serviços on-line como o Picnik, o Pixlr e o SumoPaint, igualmente eficientes e fáceis de usar.
Bom dia a todos e até mais ler.
Postar um comentário