quarta-feira, 14 de março de 2012

SPAM, SCAM, etc. (conclusão)


Por “potencialmente suspeito”, entenda-se qualquer anexo cujo envio não tenha sido avençado com o remetente. Você dificilmente receberá uma mensagem com um arquivo denominado vírus.exe – e se receber, certamente pensará duas vezes antes de abri-lo –, mas talvez não desconfie de um arquivo com extensão .SCR, especialmente se o remetente for conhecido e o assunto ou o corpo da mensagem sugerir tratar-se de um descanso de tela.
Tenha em mente que o nome do arquivo ou o remetente da mensagem (ou ambos) não garantem a confiabilidade do seu conteúdo. Qualquer internauta (aí incluídos os seus contatos) pode ter seu PC infectado e a partir daí, mesmo que inadvertidamente, passar a disparar anexos ou links maliciosos a torto e a direito.
Para minimizar os riscos, configure seu sistema para exibir as extensões dos tipos de arquivos conhecidos (saiba mais em http://fernandomelis.blogspot.com/2011/04/arquivos-suspeitos.html) e jamais clique num link sem antes pousar o ponteiro do mouse sobre ele e conferir se destino para o qual ele aponta é o esperado.

Observação: No que concerne a links suspeitos, o melhor é usar um scanner (para saber mais, clique aqui e aqui). Caso sua suíte de segurança não incorpore esse recurso, experimente o  TrendProtect ou o URLVoidJá para analisar links encurtados, use o Sucuri, e para manipular um link sem correr o risco de abri-lo sem querer, dê um clique direito sobre ele e, no menu de contexto, escolha a opção Copiar atalho (Internet Explorer), Copiar Link (Firefox) ou Copiar endereço do link (Chrome) e cole-o com segurança utilizando o atalho Ctrl+V.

Abraços e até mais ler.

Em tempo: Ontem foi dia de "PATCH TUESDAY"; rode o Windows Update caso seu sistema não esteja configurado para baixar e instalar automaticamente as atualizações.
Postar um comentário