sexta-feira, 6 de julho de 2012

ENERGIA - WINDOWS 7 - Humor de sexta-feira


Sem embargo do já foi dito a respeito do tema em assunto, vale lembrar que o Seven é capaz de desativar partes ociosas do sistema para economizar energia. Para conferir (ou modificar) a configuração do seu PC, abra o Painel de Controle e, em Hardware e Sons, clique em Opções de Energia.
O esquema recomendável é o Equilibrado, mas você pode incrementar a performance (no caso de um desktop ou de um portátil que opere conectado á tomada durante a maior parte do tempo) escolhendo Alto desempenho ou aumentar a autonomia da bateria (ou economizar na conta de luz) selecionando Economia de energia. E se clicar no link Alterar configuração do plano, ao lado de cada uma das opções, você poderá ainda fazer ajustes personalizados.
Para usuários de laptops, o Windows 7 disponibiliza uma ferramenta que monitora o sistema por um período pré-definido e, ao final, aponta erros, oferece sugestões para economizar energia e ainda dá uma ideia da vida útil da bateria.
Para utilizá-la, digite cmd na caixa de pesquisa do menu Iniciar, clique com o botão direito sobre o ícone respectivo, escolha a opção Executar como administrador e, na linha de comando, digite powercfg –energy.
Concluído o processo, tecle exit para fechar a janela, localize o arquivo energy-report.html (em C:\Windows\System32), abra-o no seu navegador e analise as informações fornecidas. Os valores de DESIGN CAPACITY e LAST FULL CHARGE, bem no finalzinho do arquivo, estima a capacidade de armazenamento da bateria; quando maior a diferença entre eles, menor a eficiência do dispositivo. 

Passemos agora à nossa tradicional piadinha de sexta-feira:

Um árabe, um brasileiro e um português foram condenados à morrer eletrocutados. Da cela até a cadeira, o primeiro foi repetindo o nome de “Alá”, e quando o carrasco ligou a chave, nada aconteceu. Os espectadores aplaudiram e o muçulmano foi solto.
O segundo, malandro por natureza, repetiu o ritual do árabe e, por incrível que pareça, o milagre se repetiu, o publico aplaudiu e ele voltou livre para casa.
Tendo acompanhado atentamente o ocorrido, nosso querido português sentou-se à cadeira e disse: Alá! Alá! Alá a tomada solta!

Bom f.d.s. a todos.
Postar um comentário