segunda-feira, 4 de março de 2013

BLOGS, VISITANTES, SEGUIDORES E COMENTÁRIOS


Não conheço a fórmula do sucesso, mas a do fracasso é tentar agradar a todos ao mesmo tempo” (JFK).

Já comentei que muitos colegas vêm abandonando seus Blogs devido ao crescimento pífio do número de visitantes, seguidores e comentários. Afinal, quem escreve quer ser lido, e é perfeitamente natural que o blogueiro se sinta incomodado pela sensação de estar “falando para as paredes”. No entanto, antes de simplesmente fechar o balaio, pedir o boné e baixar as portas, reveja algumas ponderações e sugestões que eu publiquei em 21/03/11, 28/03/11, 16/03/12 e 07/01/13.

Observação: Às vezes a gente se queixa da falta de comentários, mas raramente nos lembramos que também visitamos Blogs e quase nunca deixamos rastros de nossa passagem. Mesmo assim, causa espécie ver que posts como a sequência sobre BIOS, CMOS e SETUP que eu publiquei no ano passado, por exemplo, foi visualizada quase 3.000 vezes, mas recebeu apenas 10 comentários.

Já que estamos no assunto, não custa replicar alguns conceitos interessantes sobre os COMENTARISTAS, publicados originalmente no Blog Dicas Blogger, a quem eu recorri para tentar resolver a inoperabilidade do campo de buscas do meu site (e que até agora não publicou nem se manifestou sobre meu pedido de ajuda, mas isso é uma história que fica para outra vez).

O Bebê Chorão – É aquele que não obteve a atenção que ele julgava ser merecedor. Vai reclamar no blog, no Twitter, no Facebook e, na pior das hipóteses, no G+. Não tolera frustrações e costuma ser vingativo.

O Religioso – É o tipo mais comum nos grandes portais. Vive tacando a bíblia na cara de todo mundo e tudo acontece porque o mundo vai acabar e somente eles são os eleitos. Eles não acreditam em Deus; se consideram o próprio. E tentam converter até quem já se converteu.

O Stalker – Te (per)segue em todos os locais e vive te elogiando. Mas experimenta ignorá-lo e você conhecerá sua fúria psicopática. Costuma se esconder no anonimato proporcionado pela internet. Cuidado com ele.

O Altruísta – É aquele que vive criticando quem ganha dinheiro com blogs. Acha que devemos escrever pelo ideal. Como dizia Cazuza: ideologia, eu quero uma pra viver...

O Pára-quedista – Muito estimado por quem monetiza seu blog, é aquele que cai de pára-quedas e clica em seus anúncios. O problema é quando ele resolve comentar – geralmente faz várias perguntas que nada têm de relação com o tema do post –, mas, por outro lado, como ele raramente volta para conferir se seu comentário foi postado, já que nem sabe em que blog esteve...

O Spammer – Oi legal seu post. Conheça meu blog: (endereço do blog)
Sim, ele só quer divulgar seu bloguinho recém lançado e com meia dúzia de visitas dele, da tia, da avó e da irmã.

O Troll – Definitivamente o pior de todos, pois é uma pedra no sapato. Os tipos anteriores podem apenas ter algumas limitações emocionais ou intelectuais, mas o troll gosta de causar polêmica e de infernizar a vida de seus eleitos. Geralmente são psicopatas.

Abraços a todos e até amanhã.
Postar um comentário