terça-feira, 22 de junho de 2010

Segurança e privacidade no IE8

Com a popularização da Internet, a utilidade dos PCs cresceu substancialmente: hoje em dia, ter um computador sem conexão com a Rede é como usar uma possante motocicleta somente para passear no quintal de casa. E como o browser é a porta de entrada para a Web, muitas das nossas postagens remetem às principais opções que disputam a preferência dos usuários (como você pode conferir clicando aqui aqui), até porque o Internet Explorer tem perdido espaço para a concorrência devido a questões de segurança (assunto que também já comentamos em outras oportunidades). No entanto, você pode elevar o nível de segurança de sua navegação sem abandonar de vez esse excelente programa. Veja como:

1- Antes de qualquer outra coisa, atualize seu IE para a versão 8 e aplique todas as correções críticas disponibilizadas pela Microsoft.
2- Clique em Ferramentas > Opções da Internet > Segurança e repare que existem quatro “zonas de segurança”. Nas três primeiras – Internet, Intranet e Sites confiáveis –, os níveis atribuídos por padrão (médio-alto, médio-baixo e médio, respectivamente) podem ser reajustados manualmente; em Sites restritos, a configuração (Alta) é fixa – ela não bloqueia os sites, mas impede que sejam utilizados scripts ou qualquer conteúdo ativo potencialmente nocivo para o computador.
3- Para incluir um site nas zonas Intranet, Sites confiáveis ou Sites restritos, abra a página em questão e escolha a configuração desejada; quando o URL for exibido no campo “Adicionar este site à zona”, clique em Adicionar, em Fechar e em OK.
4- Se quiser remover um site de uma zona de segurança, abra a zona em questão, selecione o site desejado, clique em Remover, em Fechar e em OK.

Observação: Note que, na zona dos Confiáveis, caso o site que você pretende incluir não for seguro, será preciso desmarcar a caixa de seleção “Exigir verificação do servidor (https:) para todos os sites desta zona”.

5- A aba Privacidade permite modificar as configurações-padrão para cookies (veja mais detalhes clicando aqui  e aqui), manipular a exibição de janelas pop-up (saiba mais a respeito clicando aqui aqui ) e fazer alguns ajustes de segurança adicionais.
6- Se você usa computadores do trabalho ou de cybercafés, ou ainda se compartilha o seu com outros usuários, convém recorrer à navegação “In-private” – acessível via menu Segurança > Navegação InPrivate ou pelo atalho de teclado Ctrl+Shift+P –, que inibe o armazenamento de arquivos temporários, dados de formulários, cookies, informações de login e entradas no histórico de navegação, evitando que outras pessoas vejam quais páginas você visitou e o que você procurou na Web, por exemplo.
7- Para se proteger de conteúdos de terceiros em websites que você visita (e evitar que eles monitorem seus hábitos de navegação), habilite a Filtragem InPrivate, que analisa o conteúdo web dos sites e, caso constate que o mesmo conteúdo está sendo usado por vários sites, oferece a opção de bloqueá-lo. Para ativar esse recurso, clique no botão Segurança, selecione Filtragem InPrivate e escolha Bloquear para mim (se quiser automatizar o serviço) ou Deixe-me escolher que provedores recebem minhas informações (caso queira escolher pessoalmente o conteúdo a ser bloqueado) e confirme em OK.

Observação: Muitas webpages embutem conteúdos de terceiros que, ou não são visíveis, ou parecem fazer parte da página (como anúncios, mapas ou ferramentas de análise da web de outros sites). Essa prática serve para desenvolver um perfil das preferências de navegação dos visitantes que tanto pode ser utilizado para oferecer anúncios direcionados quanto para fins “menos inocentes”.

8- Ative o filtro SmartScreen para prevenir que softwares mal-intencionados roubem seus dados bancários, senhas e outras informações sigilosas. Ele roda em segundo, compara os endereços visitados com as “listas negras” dinâmicas da Microsoft e exibe um alerta sempre que você acessar um site potencialmente perigoso ou tentar baixar um arquivo inseguro (para mais informações, clique aqui aqui). Caso queira fazer verificações manuais, acesse o site desejado, clique no botão Segurança, aponte para Filtro do SmartScreen e clique em Verificar o Site. Mesmo que a página em questão o instrua a ignorar o aviso do filtro (alegando, talvez, que foi sinalizada erroneamente como site de phishing), evite inserir quaisquer informações pessoais ou financeiras.

Observação: Para desativar o Filtro do SmartScreen, clique no botão Segurança, aponte para Filtro do SmartScreen, clique em Desativar Filtro do SmartScreen e confirme em OK.

Vale lembrar que manter o sistema e os programas atualizados e o arsenal de defesa adequadamente configurado são medidas essenciais para manter o PC seguro, mas nem sempre capazes de proteger o usuário de si mesmo. Então, proteja suas informações pessoais (e nunca as forneça em e-mails, mensagens instantâneas ou janelas pop-up); navegue em sites confiáveis (preferencialmente digitando o endereço da Web diretamente na Barra de Endereços); nunca clique em links de email ou mensagens instantâneas de pessoas estranhas (ou em qualquer link que pareça suspeito, já que mesmo as mensagens de amigos e familiares podem ser falsificadas) e analise regularmente seus extratos bancários e de cartões de crédito.
Até mais ler.
Postar um comentário