quarta-feira, 18 de maio de 2011

Pra frente... (conclusão)

Ao comprar um note novinho em folha, é natural que você queira colocá-lo em uso imediatamente, o que, em tese, requer apenas plugar o cabo de energia na tomada, levantar a tampa e pressionar o botão Power. Na prática, todavia, ainda que o aparelho venha pronto para uso, há toda uma série de procedimentos que você deve adotar antes de aposentar definitivamente seu velho companheiro.
O sistema operacional pré-instalado (OEM) pelos fabricantes de computadores costuma incluir personalizações e acréscimos nem sempre muito bem-vindos: é provável que você encontre uma porção de inutilitários, versões demo de aplicativos e outros que tais que só servem para ocupar espaço em disco e degradar a performance do sistema. Então, para pôr a casa em ordem, recorra ao freeware SlimComputer, que não só sugere o que pode ser desinstalado com segurança ou removido da inicialização, mas também faz o serviço para você em poucos cliques.
Concluída essa faxina, você terá de “importar” todos os arquivos pessoais que deseja preservar. Para tanto, em vez de gravar uma pilha de CDs, o melhor é plugar um HD externo (ou um pendrive de grande capacidade) ao seu velho computador, criar uma pasta para o backup e copiar para lá suas músicas, fotos, vídeos, documentos, favoritos, e-mail, e por aí vai. Ao final, basta plugar o HD (ou o pendrive) no computador novo e transferir tudo para seus devidos lugares.
Antes de se arriscar a navegar na Web com seu novo computador, é importante protegê-lo com um antivírus responsável e revisar as configurações do firewall nativo do Windows (caso não tencione usar um produto de terceiros). Se a máquina já dispuser de ferramentas de segurança pré-instaladas – e você for mantê-las – bastará atualizá-las.
Tomadas essas precauções, rode o Windows Update e aplique todas as atualizações críticas e de segurança disponíveis para a sua versão. Feito isso, atualize os drivers (da placa-mãe/chipset e de dispositivos) e reinstale os demais aplicativos.
A título de sugestão, supondo que seu novo PC não disponha de uma ferramenta para atualização automática de drivers, vá ao site do fabricante e pesquise pelo modelo na seção “Suporte” (uma máquina nova deveria vir com as versões mais recentes dos drivers, do BIOS e de outros componentes do sistema, mas isso nem sempre acontece). Se sua placa gráfica for da NVIDIA, obtenha os drivers mais recentes em http://www.nvidia.com.br/Download/index.aspx?lang=br (basta indicar o modelo e o sistema operacional ou deixar o site detectar automaticamente). No caso da AMD/ATI, baixe a versão atual do pacote de drivers Catalyst (http://sites.amd.com/us/game/downloads/Pages/downloads.aspx).
Na hora de reinstalar programas licenciados, mesmo que você disponha das respectivas mídias e chaves de ativação, talvez seja preciso, antes, desativá-los ou desautorizá-los na máquina antiga (em caso de dúvida sobre como proceder, consulte a ajuda dos programas ou busque informações nos sites dos fabricantes).
Já para reinstalar a sua coleção de freewares preferidos, esqueça os arquivos de instalação que você possa ter guardado cuidadosamente durante anos (até porque eles certamente já estarão desatualizados) e recorra ao Ninite, que permite instalar programas “em lote”, de uma vez só de forma automática, sem intervenção do usuário. Basta acessar o site, marcar as opções desejadas, clicar no botão Get Installer (no rodapé da página) para receber um pequeno executável que irá baixar todos os aplicativos de seus servidores oficiais e instalá-los com a configuração padrão. Além de dispensar barras de ferramentas para o navegador e outros complementos de utilidade duvidosa que acompanha muitos freewares, o Ninite é capaz também de escolher versões x64 dos programas, caso o sistema do usuário seja de 64 Bits.
Por último, mas nem por isso menos importante, espere algumas semanas para formatar seu PC antigo e passá-lo adiante. Apesar de cuidado na migração dos dados, alguma coisa sempre pode acabar ficando para trás.
Divirta-se.
Abraços e até a próxima.
Postar um comentário