sexta-feira, 17 de agosto de 2012

GRAVAÇÃO DE ARQUIVOS EM CACHE e humor...


A Microsoft promete mais agilidade e desempenho a cada nova versão do Windows, mas essa premissa nem sempre é totalmente verdadeira (como no caso da malfadada versão Vista). E quando é, pode não ser perceptível para os usuários, especialmente se a migração é feita sem a desejável contrapartida de um upgrade de hardware. No entanto, existem diversos “truques” para aprimorar a performance do sistema – assunto frequentemente abordado aqui no Blog –, dentre os quais a gravação de arquivos em cache, que uma vez habilitada, oferece acesso rápido aos dados e libera o uso da RAM para outras tarefas.

Observação: Sem descer a detalhes que fogem aos propósitos e possibilidades desta postagem, vale lembrar que é importante proteger o HD (e o computador como um todo) dos distúrbios da rede elétrica. Se já não bastassem os apagões, surtos de potência e transientes, as descargas atmosféricas (o Brasil é campeão mundial em queda de raios) podem se dissipar pelo cabeamento da própria rede elétrica (ou pela fiação telefônica) e fritar os circuitos de computadores, modems, telefones sem fio, aparelhos de fax e, em menor escala, televisores, refrigeradores e lavadoras. Uma vez que os filtros de linha não filtram coisa alguma (eles não passam de simples varistores com fusíveis ou leds estrategicamente posicionados, o ideal é investir e um bom estabilizador de tensão ou, melhor ainda, em um no-break do tipo UPS (Uninterruptible Power Suply), que filtra a maioria dos distúrbios da rede e acumula energia suficiente para você salvar seus trabalhos, encerrar o sistema e desligar corretamente o computador em caso de apagões. 

Voltando à vaca fria, para configurar a gravação dos arquivos em cache:
  1. Clique em Iniciar, de um clique direito em Computador, selecione Propriedades e clique em Gerenciador de dispositivos (à esquerda da tela);
  2. Na lista dos dispositivos, expanda Unidades de disco, dê um clique direito sobre o drive onde seu sistema se encontra instalado e selecione Propriedades;
  3. Na tela das propriedades do drive, clique em Diretivas, marque o campo Habilitar gravação em cache no dispositivo, confirme em OK, e pronto.
Piadinha da semana:

Já aconteceu de você olhar seus contemporâneos e pensar: não posso estar assim tão velho (a) assim? Pois vejam o relato de uma amiga:
 Sentada na sala de espera para a primeira consulta com um novo dentista, observei o nome escrito no diploma, na parede, e de repente me lembrei de um moreno alto, com quem eu havia feito o colegial 30 anos atrás. No entanto, assim que entrei no gabinete do dentista esse pensamento se desfez diante do homem grisalho, meio para calvo, barrigudo e velho demais para ser a mesma pessoa de quem eu me lembrara. Mesmo assim, ao final da consulte, não resisti à tentação e perguntei se ele havia estudado no colégio Sacré Coeur.
- Sim – respondeu-me o dentista
- E quando o senhor se formou?
- Em 1965. Por quê?
- É que... Bem... Acho que você era da minha classe.
Então aquele velho cretino, careca, barrigudo e enrugado filho da puta me olhou de alto a baixo e perguntou:
- A senhora era professora de quê?

Bom final de semana a todos.
Postar um comentário