sexta-feira, 7 de fevereiro de 2014

ANTIVÍRUS – BULLGUARD INTERNET SECURITY

NÃO BASTA DIZER QUE É BOM, É PRECISO DIZER POR QUE É BOM!

Se você está pensando em trocar seu antivírus, não o faça antes de conhecer as promoções da empresa britânica BULLGUARD, que eu descobri por indicação da própria Microsoft.  
No site do fabricante, dentre outras ofertas, avalie o BullGuard Antivírus – que além do antivírus propriamente dito, traz um anti-spam e um módulo para navegação segura (a licença válida por um ano para um computador sai por módicos R$ 31,33). Mas a melhor opção é o BullGuard Internet Security, que adiciona firewall, controle de pais, scanner de vulnerabilidades e ferramentas para manutenção e backup do sistema. Nessa modalidade, o preço sobre para R$ 62,77 (licença por um ano para um único PC).
Enfim, a versão de avaliação do Internet Security que eu usei ao longo de 90 causou boa impressão. O antivírus só emitia notificações ao atualizar o banco de dados ou inibir a ação de algum malware, e o firewall, quando não conseguia decidir se permitia ou não o acesso de um processo qualquer à Web. A proteção em tempo real jamais comprometeu a performance do sistema – embora tenha deixado passar alguns cookies de rastreamento que o Malwarebytes Anti-Malware removeu de primeira – mas bastava pedir uma varredura completa para a lentidão se instalar (claro que em situações que tais sempre se pode abrir o Gerenciador de Tarefas do Windows e redefinir a prioridade do processo).
Clique aqui para obter uma licença de avaliação válida por 90 dias e um um desconto de 70% no valor na subscrição, que nesse caso sai por R$ 19,01 - ou pouco mais ou menos, conforme a cotação da libra esterlina no dia.
Mas não demore, pois essas ofertas costumam ser válidas por tempo limitado.

Passemos agora ao nosso tradicional humor de final de semana;

Três tubarões encontram-se no meio do oceano, decidem tomar rumos diferentes para testar a sorte e combinam encontrar-se novamente para saber o que aconteceu a cada um. O primeiro se dirige à Espanha, o segundo, a Miami e o terceiro, a Cuba, e um mês depois voltam a se reunir. O que foi para Miami diz:
-Uau! Foi uma maravilha! Comi dois cubanos, um americano e uma canadense. Estavam deliciosos!
-O que foi para a Espanha diz:
-Vocês nem imaginam como os espanhóis estão gordos. Comi pelo menos nove, sem contar as crianças...
Chega então o que foi para Cuba, todo estropiado, magro, com o corpo cheio de arranhões e de mordidelas.
- Vocês nem queiram saber o que me aconteceu. Quando eu apareci com a minha barbatana numa praia de Havana, estava lá um magricela que começou logo a gritar: Pessoal, chegou o nosso peixe! Num instante, tinha umas 200 pessoas a minha volta. Por pouco não me comeram!...

Bom f.d.s.
Postar um comentário