sexta-feira, 18 de maio de 2018

ATAQUES DNS ― AVAST SITE REAL


TUDO É POSSÍVEL. APENAS NÃO MUITO PROVÁVEL.

Primeiro veio o computador. Depois vieram o laptop, o smartphone, o tablet, a internet das coisas, os carros cada vez mais inteligentes, e por aí vai. O problema (ou um dos problemas) é que os ataques DNS (sigla de Domain Name System) afetam todos os dispositivos da nossa rede, independentemente do sistema operacional, e não é preciso ser um gênio para executá-los.

Explicando melhor: para que dispositivos computacionais se comuniquem entre si e com o mundo, cada qual utiliza um endereço IP único, que precisa ser “encontrado” para que a comunicação aconteça. Quem se encarrega dessa tarefa são servidores poderosos, capazes de atender nossas requisições em milissegundos. Graças a eles, podemos digitar os URLs dos sites em vez de os números do endereço IP ― bem mais difíceis de memorizar ―, pois a substituição é feita automaticamente.

Via de regra, nossos aparelhos estão configurados “para obter as configurações DNS automaticamente”, e talvez por isso a gente nem se lembra dos servidores DNS, a não ser quando o serviço cai. Mas os ataques DNS são preocupantes, pois podem nos redirecionar a sites falsos, que capturam nossas informações pessoais e ou confidenciais e as utilizam para os mais variados (e fraudulentos) fins.

Para nos proteger desses riscos, a Avast oferece o Site Real, que está presente em todas as versões pagas do Avast Antivirus. Sempre que digitamos o URL de um site na barra de endereço do navegador, esse URL é convertido no endereço IP (endereço do protocolo de internet) do servidor web onde a página que desejamos acessar é armazenada. Com o Site Real, a conexão entre o navegador web e o servidor DNS da Avast é criptografada, de maneira a evitar “sequestros” (*). Em outras palavras, a ferramenta garante que o website exibido seja o autêntico, e tudo é feito automaticamente, de forma transparente, sem que precisemos realizar qualquer configuração.

(*) Sequestro de DNS (ou redirecionamento de DNS) é um tipo de ataque que redireciona o navegador do site que o internauta deseja acessar para outro que pode parecer igual a ele. O método mais comum de isso acontecer é através de códigos maliciosos que se instalam à revelia do internauta, para depois roubar informações como nomes de usuário, senhas e números de cartões de crédito. Esse tipo de ataque é particularmente perigoso quando usando com websites de bancos e de compras.

Interessado? Então saiba que a Avast permite testar seus produtos gratuitamente por 30 dias.

Visite minhas comunidades na Rede .Link:
Postar um comentário