terça-feira, 25 de setembro de 2012

ALGORITMO, LOGARITMO e outras considerações

Se você confunde bits com bytes, drive com driver ou a capacidade do HD com a memória física do sistema (RAM), seja bem vindo ao clube. Afinal, a popularização da informática nos brindou com inúmeros neologismos, acrônimos e siglas (geralmente de origem inglesa), o que propicia equívocos dessa natureza.
Dias atrás, um conhecido com quem eu conversava confundia sistematicamente os termos algoritmo logaritmo – o que seria até perdoável se ele não cursasse Ciências da Computação.
A propósito, anote aí no seu caderninho: ALGORITMO é uma sequência finita de instruções lógicas que o computador executa ao realizar uma tarefa ou resolver um problema, ao passo que  LOGARITMO é um recurso destinado a facilitar a realização de cálculos matemáticos complexos mediante a transformação de multiplicações e divisões em operações mais simples (soma e subtração).

Observação: Não confunda algoritmo com programa. Alguns autores definem "programa" como um conjnto de algoritmos combinados, o que, resguardadas as devidas proporções, seria o mesmo que definir uma casa como um monte de tijolos assentados.

Existem diversas formas de escrever algoritmos, sendo o pseudocódigo e o fluxograma as mais comuns. Aliás, eu até pensei em pedir “uma palhinha” ao amigo lusitano José Viegas, mas parece que o moço anda muito atarefado, de modo que dificilmente encontraria tempo para abrilhantar este humilde Blog com seus vastos conhecimentos de programação. Uma pena.
Enfim, amanhã veremos (ainda que em rápidas pinceladas) o Sistema Binário, a Lógica dos computadores e a Álgebra Booleana. Abraços a todos e até lá.
Postar um comentário