terça-feira, 25 de maio de 2010

SCRAPS

SCRAPS (ou arquivos de fragmento) são recortes que criamos quando selecionamos um trecho de um documento (texto, ilustrações, tabelas ou uma mistura de objetos) e o arrastamos para a área de trabalho ou para outra pasta qualquer, obtendo, assim, um arquivo com o ícone reproduzido na ilustração desta postagem e de extensão .SHS. Embora esses “fragmentos” possam ser renomeados ou movidos, sua destinação impede que eles sejam abertos – já que foram concebidos para ser inseridos ou colados em outros documentos criados por aplicativos que suportem igualmente o OLE (Object Linking and Embedding), tais como o Word o Excel, o Paint, etc.
Para utilizar um SCRAP, basta arrastar seu ícone e soltá-lo no ponto do documento de destino onde você deseja que ele seja inserido (mesmo que esse documento tenha sido criado por um programa que não suporte o OLE, o recorte ainda poderá ser colado se você clicar sobre ele com o botão direito, teclar Ctrl+C, clicar no ponto desejado no documento e teclar Ctrl+V).
Embora pareça não ter grande utilidade em nossas tarefas quotidianas, esse recurso é prático para quem cria diversos documentos diferentes e repete em cada um deles um mesmo trecho de texto, ilustração, tabela, etc. O recomendável é criar o SCRAP na própria Área de Trabalho (ou numa pasta específica a gosto do freguês) e simplesmente arrastá-lo (ou copiá-lo e colá-lo) onde e quando ele for necessário.
Bom dia a todos e até mais ler.
Postar um comentário