sexta-feira, 23 de julho de 2010

Lentidão (final) e humor de sexta-feira

Quando você precisar baixar algum arquivo volumoso, assegure-se de que não haja outros programas (como o seu antivírus, o Adobe Reader ou o Windows Update, dentre outros) fazendo download de atualizações. Nesse caso, o melhor é programar as atualizações para um horário com menos tráfego na internet ou quando seu computador estiver ocioso.
Já para baixar vários arquivos ao mesmo tempo, clique em Iniciar > Executar, digite “regedit” (sem as aspas), navegue até HKEY_CURRENT_USER\Software\Microsoft\Windows\CCurrenteVersion\Internet Settings, dê duplo clique em MaxConnectionsPerServer e MaxConnectionPer1_0Server e, no painel da direita, selecione Decimal, ajuste todos para 10 e reinicie o computador.
Programas P2P (de compartilhamento de arquivos), quando em execução, recebem e enviam automaticamente arquivos de/para outros usuários, podendo acarretar morosidade no acesso a websites e outras tarefas baseadas na Web; nesse caso, convém fechar esse tipo de programa, pois, dependendo da fila de arquivos, ele pode consumir boa parte da sua largura de banda.
Às vezes, pequenas mudanças de hábito podem resultar num aumento expressivo de desempenho. Dentre outras coisas, evite rodar vários programas simultaneamente durante a navegação e abrir múltiplas janelas do browser (em vez disse, use as abas). Limite também a quantidade de add-ons ao mínimo indispensável (diversos programas que você baixa da Web embutem barras de ferramentas adicionais e outras firulas que você dificilmente irá utilizar, mas irá levar de brinde se não desmarcar as caixas respectivas no momento da instalação).
Para encerrar, uma dica interessante – recomendada para usuários avançados – é alterar os endereços DNS (Domain Name Service) nas configurações de rede do sistema operacional. Para mais detalhes, clique aqui.

Passemos agora à nossa tradicional piadinha:

UM CASAL DE VELHINHOS ESTÁ DEITADO NA CAMA, E A ESPOSA NÃO ESTÁ SATISFEITA COM A DISTÂNCIA QUE HÁ ENTRE ELES:

- QUANDO ÉRAMOS JOVENS, VOCÊ COSTUMAVA SEGURAR A MINHA MÃO NA CAMA.
O VELHINHO HESITA E, DEPOIS DE UM BREVE MOMENTO, ESTICA O BRAÇO E SEGURA A MÃO DELA..
- QUANDO ÉRAMOS JOVENS, VOCÊ COSTUMAVA FICAR BEM PERTINHO DE MIM.
ELE SE VIRA COM DIFICULDADE E SE ACONCHEGA PERTO DELA:
- QUANDO ÉRAMOS JOVENS, VOCÊ COSTUMAVA MORDER MINHA ORELHA...
ELE DÁ UM LONGO SUSPIRO, JOGA A COBERTA DE LADO E SAI DA CAMA. OFENDIDA, ELA GRITA:
- AONDE VOCÊ VAI?
- VOU BUSCAR A DENTADURA, PORRA!

Bom final de semana a todos.
Postar um comentário