sexta-feira, 12 de abril de 2013

MAIS SOBRE INSEGURANÇA DIGITAL e HUMOR...

Ao atender a primeira chamada no seu primeiro celular, Joaquim esbravejou: Raios, Maria, como tu descobriste que eu estava cá no motel?

Mesmo que não sejamos tão inocentes quanto o “patrício” da anedota, expomos nossa privacidade ziguezagueando por salas de chat, criando perfis detalhados em redes sociais, postando blogs e microblogs ou contando sua vida para Deus e todo mundo no Messenger.
Configurar o browser para rejeitar cookies de terceiros – ou seja, de outros sites que não aquele que você está visitando – eleva o nível de privacidade sem provocar quaisquer efeitos colaterais, mas não apaga os cookies já instalados (para saber mais como manipular as configurações avançadas do seu navegador, use o campo de buscas do Blog).
Ao realizar buscas no Google sem fazer logoff (no Gmail, no Blogger, ou em qualquer outro serviço da empresa), seu endereço eletrônico é exibido no canto superior direito da página inicial, das páginas de resultado ou de qualquer outra página (do Google) que você esteja acessando, e as buscas podem ser diretamente relacionadas à sua conta pessoal. Vale lembrar, todavia, que o logoff evita a ligação direta entre você e as pesquisas, mas não impede a identificação do seu IPSe seu provedor de Internet opera com IP dinâmico, desligue e religue o modem de tempos em tempos, para alterar o endereço, ou, melhor ainda, instale o GoogleChrome Anonymizer. Aliás, procure sempre que possível navegar incógnito (para que cookies, senhas, dados de formulários, histórico e cache do navegador sejam apagados ao final de cada sessão). Embora as versões atuais do ChromeIEFirefox e Opera ofereçam essa opção (mais detalhes no post de 10/08/12), vale criar uma camada de proteção adicional com o serviço online Anonymouse (que permite tanto navegar incógnito quanto enviar emails anônimos não rastreáveis) ou baixe o programinha disponível em www.surfanonymous-free.com.
Outro risco para o qual eu costumo alertar é o compartilhamento do computador com cônjuge, filhos e outros familiares sem a implementação de uma política de contas e senhas. Já pensou “que legal” se o cara inventa um congresso patrocinado pela empresa e a esposa descobre pelo seu histórico de navegação uma reserva para casal num bucólico hotelzinho praiano do nordeste?
Tome cuidado também ao usar programas mensageiros, pois eles costumam criar registros das conversas (a menos que sejam configurados para não fazê-lo; no Messenger, clique em Ferramentas > Opções> Histórico e desmarque as caixas Salvar o histórico da conversa automaticamente e Mostrar sua última conversa em novas janelas de conversa).
Se você acha que se expôs demais no Facebook, faça o login, clique em Conta > Configurações da Conta > Configurações e no link Desativar Conta; apresente uma justificativa para sua saída, selecione a opção para não receber futuros emails da rede e não volte a acessar a conta por duas semanas (após esse período ela será deletada automaticamente). No Twitter, faça login, clique em Configurações > Conta, e no link Desativar minha conta – após a devida confirmação, ela será desativada e apagada. 

OBSERVAÇÃO: O Facebook "fatura uma grana preta" vendendo informações sobre seus usuários aos anunciantes. Para coibir essa prática, você precisa modificar suas configurações de privacidade, mas, não por acaso, a empresa dificulta um bocado essa providência. Para se ter uma ideia, a política de privacidade do Facebook é composta por 5.839 palavras (quase 25% a mais do que a Constituição norte-americana). 

O processo é parecido em outros sites (OrkutMySpace, etc.), mas, antes de comandar o encerramento da conta, procure eliminar manualmente o máximo de postagens, fotos e mensagens internas que puder. Se você acha esse procedimento muito trabalhoso, o Suicide Machine pode lhe dar uma mãozinha.

Passemos agora à piadinha da semana:


Dicas Judaicas de economia!

O pai judeu falou:
- Isaac já fez?
- Sim, babai.
- Jacob já fez?
- Sim, babai.
- Sarah já fez?
- Sim, babai.
- Raquel já fez?
- Sim, babai. - Então bode dar a descarga...

- Izaquinho, vai pegar martelo na casa de Abraão.
- Abraão não está, pai.
- Pega martelo na casa de Jacó.
- Jacó emprestou martelo pra Levi.
- Então vai pegar martelo com Levi.
- Levi foi viajar.
- Então pega nossa martelo mesmo!

Isaac foi na zona, escolheu uma menina e foi logo perguntando: - Quanto?
- 50 reais.
- E com sadomasoquismo?
- Para você bater ou apanhar?
- Para eu bater!
- E você bate muito?
- Não, só até você devolver meu dinheiro!

O judeu convertido vai se confessar:
- Padre, há 20 anos eu abrigou uma refugiado da guerra. Qual o meu pecado?
- Meu filho, nisso não há pecado, você fez uma caridade!
- Mas, padre, eu cobrar aluguel dele.
- Tem razão, meu filho, isso é pecado! Reze 3 Ave-Marias e um Pai -Nosso...
- Só mais um pergunta, padre. Devo falar pro ela que o guerra acabou?

Jacob vai colocar um anúncio no jornal.
- Gostaria de colocar um nota fúnebre do morte de meu esposa.
- Pois não, quais são os dizeres?
- Sara morreu!
- Só isso?
- Sim, Jacob não quer gastar muito.
- Mas o preço mínimo permite até 5 palavras.
- Então coloca: "Sara morreu. Vendo Monza 94."

Jacob levou o Jacozinho, de 6 anos, a um parque de diversões. Dentre as atrações, o garoto se interessou pelo "Vôo panorâmico de helicóptero".
- Quero levar minha filhinho pra passear de helicóptero.
- São US$ 100,00.
Lógico que o judeu não aceitou, mas como o garoto abriu o berreiro, o piloto propôs uma solução:
- Eu levo você e seu filho. Se você não gritar durante o passeio eu não cobro nada.
E assim foi. Durante o vôo o piloto deu rasantes, piruetas, desceu e subiu bruscamente e Jacob, com os olhos arregalados, mudo como uma rocha... Quando a nave pousou, o piloto perguntou a Jacob:
- Em nenhum momento você deu um pio sequer... não sentiu medo e vontade de gritar?
-Eu sentiu muito medo e quase gritou, principalmente quando a Jacozinho caiu.

Boa f.d.s. a todos.
Postar um comentário