quinta-feira, 1 de março de 2012

BIOS, CMOS e SETUP (final)

Segundo os maledicentes, BIOS é o acrônimo de Bicho Ignorante Operando o Sistema, mas remete a Basic Input/Output System e designa um conjunto de instruções que funcionam como “ponte” entre o SO e os dispositivos de entrada e saída (de dados) do computador.

Observação: Originalmente, o BIOS era gravado num CI de memória permanente, mas a posterior adoção da memória flash (saiba mais em http://fernandomelis.blogspot.com/2008/04/atualizao-do-bios.html) e a inclusão de novas rotinas – como as do POST (autoteste de inicialização) e do bootloader (carregador da inicialização), por exemplo – fizeram desse termo um sinônimo da inicialização do computador.

Questões semânticas à parte, a morosidade na inicialização é uma das queixas mais recorrentes dos usuários do Windows. O ideal seria o PC “responder” ao botão de Power tão rapidamente quanto uma lâmpada ao interruptor (aliás, o iPad chega bem perto disso), mas, a despeito dos esforços da Microsoft, as limitações do HD e do BIOS são obstáculos de peso.
Por ser um dispositivo eletromecânico e, por conseguinte, milhares de vezes mais lento que a RAM, o disco rígido é atualmente o responsável pelo maior gargalo de dados nos sistemas computacionais (tudo indica que esse problema será sensivelmente minimizado no médio prazo, com a redução de preço e consequente popularização do SSD). Já o BIOS deve ser aposentado tão logo seja encontrada uma alternativa rápida, versátil, eficiente e economicamente viável, mas essa “busca” já dura quase três décadas. Mas a UEFI (Unified Extensible Firmware Interface, desenvolvida pela Intel em parceria com a Microsoft e aceita por empresas como a AMD, APPLE, DELL, HP e IBM) parece ser a bola da vez: em 2009, a Phoenix apresentou um notebook com drive SSD que, equipado com essa nova tecnologia, realizava o boot e entregava o comando do sistema ao usuário em apenas 10 segundos (confira no vídeo, logo abaixo). Enfim, quem viver verá. Até lá, pesquise o Blog para rever as postagens sobre como acelerar a inicialização, use e abuse da Hibernação, ou então crie o hábito de pressionar o botão de Power e ir tomar um cafezinho... 

Postar um comentário