quarta-feira, 21 de março de 2012

Navegadores e afins (conclusão)

velocidade de navegação depende de diversos fatores, e as taxas de upload são geralmente inferiores às de download. Demais disso, você pode contratar um plano de banda larga ultraveloz e ainda assim amargar lentidão ao tentar acessar determinados sites ou navegar em horários de pico (da mesma forma o trânsito nas ruas e avenidas das grandes cidades, o tráfego de dados pela Internet também sofre por conta de congestionamentos).
Antes de crucificar seu provedor, clique aqui e reveja as considerações que eu publiquei a esse respeito. Depois, feche todos os programas que tenham acesso à Web e meça sua velocidade de conexão (clique em Medidor de Velocidade, na coluna à direita, logo abaixo dos Seguidores).
Um “estratagema” que proporciona a ilusão de maior velocidade consiste em aumentar o cache do browser (assim, quando você tornar a visitar uma página aberta recentemente, ele utilizará as informações armazenadas em sua memória interna, ao invés de tornar a descarregá-las da Web). Para tanto, no IE9:

1) Clique no ícone da engrenagem e selecione Opções da Internet.
2) Clique na aba Geral e, em Histórico de navegação, desmarque a caixa “Excluir histórico de navegação ao sair”.
3) Clique no botão Configurações e, em Espaço em disco a ser usado, configure o tamanho desejado.

Também é possível “apressar um pouco as coisas” desativando a exibição de vídeos, animações e imagens. Ainda em Opções da Internet, selecione a aba Avançadas e, em Multimídias, desmarque as opções Mostrar imagens, Passar animações em páginas da Web e Tocar sons em páginas da Web.

Um ótimo dia a todos e até a próxima, se Deus quiser.
Postar um comentário