quarta-feira, 24 de outubro de 2012

A HORA E A VEZ DO WINDOWS 8 - CONCLUSÃO


A quem está tencionando migrar de pronto para o Eight, desejo boa sorte - mas não sem antes relembrar que os pioneiros são reconhecidos pela flecha espetada no peito e recomendar enfaticamente a aquisição de um PC novo, com o sistema pré-instalado pelo fabricante. Afinal, se o novo Windows ainda é uma incógnita, adotá-lo antes de decifrá-lo é uma temeridade. Aliás, o próprio Paul Allen (co-fundador da Microsoft) achou o novo sistema "confuso e intrigante", como você pode conferir clicando aqui.
Seja como for, atente para as seguintes considerações;

·        Segundo a Microsoft, o Eight roda em qualquer máquina que rode o seu predecessor, mas basta instalar o Office, o Adobe Reader X e uma suíte de segurança como o Norton 360, por exemplo, para ver que as quantidades mínimas de RAM indicadas pela “mãe da criança” (1GB de para a versão de 32 bits e 2GB para a de 64 bits) não dão nem para o cheiro.

·        A maioria dos PCs modernos integra chips de dois ou mais núcleos, mas os modelos da família Intel Core (i3, i5 e i7) de última geração valem cada centavo a mais.

·        Quanto ao HD, o ideal seria um modelo SSD – ou pelo menos uma configuração híbrida, com um drive eletromecânico de 1TB e um SSD de 32 ou 64GB.

·        Um dos diferenciais do novo Windows é o conceito de toque e reconhecimento de gestos, mas a maioria dos monitores e telas de notebook disponíveis atualmente não oferece suporte a tecnologias como o 10-Point Multitouch e o Edge Detection. Então, escolha um monitor widescreen de pelo menos 19 polegadas, com resolução Full HD (1920 x 1080 pixels) e portas HDMI e DVI, e recorra ao TouchMouse, da Microsoft, ou ao Wireless Touchpad, da Logitech (que reconhecem “gestos multitoque” e emulam a forma como as telas sensíveis ao toque funcionam).

·        Não deixe de investir numa GPU compatível com o DirectX 11.1, que deixará seu PC com Windows 8 bem mais “esperto” na execução de diversas tarefas.

Uma evolução positiva no Eight tem a ver com a segurança: durante a inicialização, o Windows Defender será o primeiro software a ser carregado, de modo a monitorar os demais e garantir que o sistema esteja limpo quando da conclusão do processo. Outra boa notícia – especialmente para quem não foi com a cara da nova interface (antigamente chamada de Metro, mas agora rebatizada de Modern UI – é que programinhas gratuitos como o Skip Metro Suite permitem desabilitá-la. Depois de instalar o software, basta marcar a opção Skip Start Skin, clicar em Save Settings e reiniciar o computador, que irá pular a nova tela inicial e ir direto para o velho e conhecido Desktop (se quiser, aproveite o embalo para desativar também os atalhos nos cantos da tela, que convocam a tela inicial, o alternador de tarefas e a barra com opções de buscas e configurações).

Observação: Comprando um computador com o Seven Home Basic, Home Premium, Professional ou Ultimate até 31 de janeiro de 2013, você obterá um desconto na atualização para o Windows 8 Pro. Para tanto, acesse http://www.windowsupgradeoffer.com/pt-BR e siga as instruções da Dona Microsoft. A oferta inclui ainda 90 dias de suporte técnico gratuito.

Para quem gosta de emoções fortes, eu ainda acho que o SKY DIVING e o BUNGGE JUMPING seriam opções mais interessantes, mas cada um tece como lhe apetece. E para emoções ainda mais fortes (haja coração), clique aqui antes de votar: http://youtu.be/MKhSKE3FkDA

Abraços e até mais ler.


Postar um comentário